MENU

Drop Down MenusCSS Drop Down MenuPure CSS Dropdown Menu

Cadu Maciel e Luciano Rocha começam Clio Cup Portugal vencendo!!!



A primeira etapa da Clio Cup Portugal foi realizada no traçado do Algarve, onde 18 pilotos colocaram os seus Clio Cup em pista, com setup fixo, e uma dinâmica nova nas corridas, o evento contou com bastante ultrapassagens e os pilotos sofrendo um pouco para vencer o técnico traçado do Algarve sem a possibilidade de acertar os carros, a prova disso foram duas boas baterias com vencedores e pilotos nos pódios diferentes.

QUALIFICAÇÃO:
Cadu Maciel (BSP Racing) foi o primeiro pole da temporada, com o tempo de 2:03.214 foi apenas 0.110 mais rápido que Thallisson Santos da Herdez Competition que fez o tempo de 2:03.234.
Alexandre Oliveira (CTE Racing HVM) e Ernesto Brock com sua HVM Racing formaram a segunda fila.
Ainda completaram o top 10: Givaldo Spindola, Marcelo Vieira, Luciano Rocha, Felipe Granado, Jesus Neto e Marco Parma.


BATERIA 1:
Com uma largada relativamente tranquila, Cadu Maciel conseguiu se manter a frente durante toda a bateria, com o segundo lugar de Thallisson Santos sendo perdido para Alexandre Oliveira.
Ernesto Brock brigava entre segundo e terceiro, mas uma queda de conexão o fez abandonar a prova.
Um acidente múltiplo após Emerson Czerkawsky (HVM Racing Team) sofrer um toque de Dani Gomes (Chrome Racing) acabou levando Emerson Barina (Herdez Competition e Jonatan Brochier (Chrome Racing) a terem de fazer um pit para reparos.
No final da bateria o duelo da etapa ficou entre Thallisson Santos e Givaldo Spindola, estreando sua equipe própria a Husky Racing Team.
Ao final de 10 voltas, Cadu Maciel levou de ponta a ponta a etapa no Algarve, com Alexandre Oliveira em segundo e Givaldo Spindola fechando em terceiro lugar.
Ao todo dos 18 pilotos que largaram, 16 finalizaram a prova.


BATERIA 2:
A segunda bateria teve inicio com a primeira fila da inversão sendo formada por Paulo Rodrigues de volta a Time XtraBe, e Dani Gomes.
Dada a largada, Dani Gomes pulou a ponta após queda vertiginosa de Paulo Rodrigues. No começo as varias trocas de posições, fazia da primeira volta um grande emaranhamento da situação. Somente a partir da segunda volta que a situação normalizou com Luciano Rocha (#268 Racing) assumindo a ponta da prova.
Cadu Maciel vencedor da primeira bateria era um dos que se aproveitava da situação para galgar posições, assim como Emerson Czerkawsky que chegou a andar no 5º lugar após sair de uma 13ª posição.
Enquanto Luciano Rocha disparava na liderança, Dani Gomes via a aproximação de Jesus Neto com sua BSP Racing.
Mais atrás Emerson Czerkawsky e Felipe Granado (CTE Racing HVM) vinham em um duelo épico em pista com trocas de posições e ultrapassagens a todo o momento.
Ao final de mais 11 voltas, Luciano Rocha vence a segunda bateria, com Jesus Neto em segundo e Dani Gomes em uma corrida onde fez de tudo para se manter a frente de seus oponentes conseguiu um ótimo pódio ao final da etapa.
Dos 18 carros que iniciaram a bateria, 13 conseguiram encerrar em pista.


CAMPEONATO DE PILOTOS:
Após duas baterias iniciais, Cadu Maciel assumiu a liderança do campeonato com 38 pontos, contra 33 de seu conterrâneo Luciano Rocha, com Alexandre Oliveira vindo em terceiro com 31 pontos, empatado com Jesus Neto.
Dani Gomes fecha o top 5 com 23 pontos conquistados.


CAMPEONATO DE EQUIPES:
A BSP Racing começa o campeonato com a liderança do certame, ao conquistar 45 pontos, enquanto a #268 Racing tem 33 pontos conquistados, e a CTE Racing HVM tem 31 pontos.
Ainda fechando o top 5 do campeonato A Chrome Racing fez 23 pontos enquanto a Herdez Competition tem 19.


PRÓXIMA ETAPA:
Agora  a categoria ruma para o circuito de rua de Porto, onde o traçado estreito e com grandes desafios fará os pilotos terem de suar frio para permanecer no traçado sem maiores incidentes.



VT DA ETAPA: