MENU

Drop Down MenusCSS Drop Down MenuPure CSS Dropdown Menu

Fabio Krek e Alexandre Emanuel vencem no apertado traçado de Ribeirão Preto.



A segunda etapa da HV Studio Design Puma Cup chegou ao apertado traçado de Ribeirão Preto onde a expectativa era de uma corrida muito acidentada, mas a primeira bateria mostrou que não era bem assim, e apenas 4 abandonos aconteceram, mas a segunda bateria os 15 minutos foram bem diferentes da primeira bateria, desde logo a largada.


QUALIFICAÇÃO.
Fabio Krek (VOLTZ e-Racing Team) foi o pole position com 1:14.202, enquanto Dani Gomes (Chrome Racing) ficou com o segundo tempo 1:14.338.
Ernesto Brock da HVM Racing Team foi o terceiro com Braulio Junior (Equipe Piratas) logo atrás fechando a segunda fila.
Emerson Czerkwski da HVM Racing Team e Jonatan Brochier da Chrome fecharam a terceira fila.
Helio Vamberto, Ricardo Prediger, Jesus Neto e Gilson Rodrigues completaram o top 10 dos 18 carros da primeira bateria.


CORRIDA 1.
Com 40 minutos pela frente a largada foi boa, com os pilotos conseguindo passar bem pela primeira volta.
Na sequência a corrida foi dominada por Fabio Krek que liderou até a volta 23 quando foi para sua parada, Ricardo Prediger da Team Schnell assumiu a ponta, depois que Krek foi aos boxes.
Antes a isso Ernesto Brock e Emerson Czerkawski ousavam uma estratégia diferente indo aos boxes logo no começo da corrida tentando ter pista livre.
Braulio Junior na volta 7 estava em 3º mas foi vítima do muro.
A partir da volta 20 os pilotos da frente começaram a parar e foi onde as estratégias foram se cruzando com Dani Gomes que fazia corrida firme sendo atacado por Brock até que o Gaucho ganhasse a posição encima do piloto da Chrome. Felipe Granado (CTE Racing HVM) largou de ultimo e vinha em grande ganho de posições andando em 7º.
Ai final de 41 minutos e 33 voltas, Fabio Krek vence sua primeira corrida na VORC Series, com Ernesto Brock conquistando o segundo lugar, e Dani Gomes em terceiro!
Emerson Czerkawski, Ricardo Prediger, Gilson Rodrigues, Felipe Granado, Leo Rodrigues, Alexandre Emanuel e Thiago de Battisti completaram o top 10 dos 14 carros que terminaram a prova.


CORRIDA 2.
A segunda bateria começou com Thiago de Battisti (Barbados e-Racing) e Alexandre Emanuel (Parma Motorsports 2) formaram a primeira fila.
Logo na largada um acidente múltiplo, Ricardo Prediger é tocado por Ernesto Brock, o que acaba gerando uma confusão e praticamente fecha a pista, com Alexandre Emanuel, Gilson Rodrigues (BSP Racing) e Leo Rodrigues junto com Krek e Czerkawski conseguindo sobreviver mais tranquilamente a largada.
A corrida se seguiu bem, e na volta 3 um novo acidente quando Leo Rodrigues bate no muro e seu carro volta pra pista acertando em cheio Emerson Czerkawski que abandonou a prova.
Alexandre Emanuel seguida líder, com Gilson Rodrigues tendo de encarar os ataques de Fabio Krek, até que na volta 9 o piloto da VOLTZ toma a segunda posição e tenta atacar o líder Alexandre Emanuel, mas sem sucesso.
Ao final de 13 voltas, Alexandre Emanuel volta a vencer na VORC Series e conquista sua primeira vitória pela Parma Motorsports.
Fabio Krek foi o segundo colocado, com Gilson Rodrigues na terceira posição.
Alexandre Oliveira que chegou apenas para a segunda bateria fez ótima corrida de recuperação e colocou sua CTE Racing HVM em quarto lugar!, Jonatan Brochier, Felipe Granado, Marco Parma, Paulo Rodrigues, Ernesto Brock e Leo Rodrigues completaram o top 10.


PROTESTOS E PUNIÇÕES.
E.Brock > A.Sutti - +20s N2 – Incidente de pista tomando volta.*

*Como o piloto abandonou, perde 10 posições no próximo grid.

Pontuação carteira punitiva.
Bruno Mali – 3 pts
André Sutti – 2 pts
Marcio Rocha – 1,5 pts
Alex Dance – 1,5 pts

COMO FICOU?
Ricardo Prediger segue líder da categoria, agora com 47 pontos, mas viu Fabio Krek com seus dois pódios chegar a vice liderança do campeonato com 44 pontos marcados, enquanto Ernesto Brock sai de Ribeirão com o terceiro lugar com 42 pontos.


A HVM Racing Team é a líder do campeonato com 64 pontos, enquanto a Team Schnell aparece em segundo lugar com 47 pontos.
A Chrome Racing é a terceira colocada com 44.

PROXIMA ETAPA:
Agora a categoria vai ao sul do pais, para Guaporé onde a categoria enfrentará sua terceira etapa do campeonato.

VT DA ETAPA.



Leia Mais... ►

Porsche Super Challenge supera o desafio de Spa mesmo com corrida movimentada.

 


A segunda etapa da Porsche Super Challenge foi de longe um dos grandes desafios da temporada, com 29 carros de 31 inscritos a prova contou com bastante amarelas perto do que é o traçado, mas de longe foi uma corrida bem movimentada graças as estratégias durante as amarelas. Elisio Netto, Bruno Strauss e Luan Hott saíram ao final como vencedores da etapa belga.

QUALIFICAÇÃO.
A pole na GT2 ficou com Elisio Netto da Cisco Air Racing, seguido de Elvis Reis (Scuderia Hydra)
Na GT3 Bruno Strauss da Scuderia Hydra 3 foi o pole, seguido do companheiro da equipe 2 Felipe Reus.
O estreante Guilherme Moresco com a Duble Car Racing Team foi o pole com o líder do campeonato John Martins da #268 Racing





CORRIDA.
Na GT2 Elisio Netto seguiu na ponta durante a prova, tendo Elvis Reis logo depois da largada errando e caindo no grid, Ernesto Brock (HVM Racing Team) e Vinicius Gonçalves da BMRS E-Sports seguiam a briga que tiveram em Road América, mas desta vez em Spa, Paulo Rodrigues (Time XtraBe) também se colocou entre os top 3 da corrida em algum momento.
Com as amarelas as estratégias iam mudando e com o acidente de Elvis Reis que vinha se recuperando do acidente inicial.
Ao final de 32 voltas, Elisio Netto conquistou a sua segunda vitória no campeonato, seguido de João Hebert que deu um belo pulo na estratégia com sua M Tech Sports.
Ernesto Brock terminou em terceiro, ao todo 7 carros da classe terminaram a prova.


Na GT3 a corrida foi tranquila no começo, com as trocas de posições começando a partir da 12ª volta, Bruno Strauss, Alexandre Oliveira (CTE Racing HVM), Edgar Horst Jr (M Tech Academy) e Felipe Reus lideraram a prova em algum momento, na 21ª volta foi Mauricio Luiz da 4Brothers que deu o ar da graça na liderança por 9 voltas mostrando que mais da metade do grid liderou a prova em algum momento. Na última amarela, as coisas mudaram e com isso muitas posições se alternaram.
Bruno Strauss se recupera do abandono e vence a etapa belga, Edgar Horst Jr fecha no pódio com João Gabriel da CTE Racing HVM, fazendo uma corrida tímida, mas de recuperação fecha o pódio em terceiro.


E por último na GT4, a corrida começou com uma baita problema, Guilherme Moresco não largou no ponto determinado, causando uma indecisão no grid que gerou acidentes e toques entre os pilotos, pior para Thallisson Santos da Herdez Competition que acabou rodando e ficando para trás na corrida.
Com isso John Martins se colocou como líder da prova, e foi assim até a volta 19. Quando Guilherme Moresco assumiu a ponta por uma volta e Michel Oliveira da #268 Racing na sequencia também liderando,
Da volta 20 em diante a troca de posições foi muito intensa e os pilotos foram subindo ou descendo a classificação.
Ao final de 31 voltas quem levou a melhor foi Luan Hott da Scuderia Hydra 4, Michel Oliveira havia cruzado em segundo lugar, mas com punições por cortar as linhas de boxes nas saidas o jogou para o quarto lugar, com isso Thallisson Santos passou em segundo lugar e John Martins herdou o terceiro lugar na prova belga.


PROTESTOS E PUNIÇÕES.
E.Czerkawski > J.de Paula (volta 12) +30s N3 – Batida durante bandeira amarela.
Direção > J.de Paula +10s N1 – Não respeitou procedimento de largada.
Direção > A.Dance +10s N1 – Não respeitou procedimento de largada.
Direção > G.Moresco +10s N1 – Não respeitou procedimento de largada.
Direção > J.Martins +10s N1 – Não respeitou procedimento de largada.

Punições por corte na saída de boxes.
M.Oliveira – 3x + 30s N3.
M.Rocha – 2x +20s N2.
J.de Paula – 3x +30s N3
V.de Oliveira – 1x +10s N1
Achylles Jr – 1x +10s N1
A.Dance – 2x +20s N2
J.Pedro – 1x +10s N1
P.Rodrigues – 1x +10s N1
E.Reis – 1x +10s N1

Pilotos que tem de pagar punição no próximo grid por não terem sido punidos em prova por causa dos abandonos.
Carro #47 Julio de Paula / Luiz Henrique – Largará dos boxes.
Vinicius de Oliveira +5 posições.
João Pedro +5 posições.
Elvis Reis +5 posições.
Guilherme Moresco +5 posições.
Marcio Rocha, sem qualificação (acumulou 5 pts na carteira)

Pontuação carteira punitiva.
Julio de Paula +7 pts
Marcio Rocha +5 pts
Alex Dance +3 pts
Edgar Horst Jr +3 pts
Michel Oliveira +3 pts
Paulo Rodrigues +3 pts
Marco de Andrade +2 pts
Achylles Jr +1 pt
Elisio Netto +1pt
Elvis Reis +1 pt
João Pedro +1 pt
Vinicius de Oliveira +1 pt

COMO FICOU?
GT2.
Elisio Netto dispara na liderança com 20 pontos, enquanto Vinicius Gonçalves vem fazendo um bom campeonato com 13 pontos conquistados e Ernesto Brock em terceiro com 12 pontos.

Nas equipes a Cisco Air Racing segue líder com 25, contra 14 da HVM Racing Team, e a BMRS E-Sports vem com 13 conquistados até aqui.



GT3.
Alexandre Oliveira segue líder do campeonato, mas empatado com Felipe Reus ambos com 13 pontos, João Gabriel vem logo atrás com 12, Edgar Horst Jr com 11 e Bruno Strauss com 10 deixam o campeonato com o top 5 separados por míseros 3 pontos.

A CTE Racing HVM é a líder do campeonato com 25 pontos, e a Scuderia Hydra 2 aparece com 18 e 11 da M Tech Academy.

GT4.
Luan Hott assumiu a liderança do campeonato com 18 pontos, John Martins caiu para o segundo agora com 16 pontos, e Thallisson Santos aparece em terceiro com 12 pontos conquistados.

Nas equipes a Scuderia Hydra 4 é a líder com 27 pontos, mas está empatada com a #268 Racing! A Herdez Competition é a terceira colocada com 12 tentos marcados.


PROXIMA ETAPA:
Agora a categoria vai a Turquia para a terceira etapa, no traçado de Istambul, palco de grandes corrida e um traçado muito bom para disputas.

VT DA ETAPA.



Leia Mais... ►

Cleveland em corrida confusa, Brock vence e lidera campeonato.

 


A segunda etapa da Cisco Air Indycar Series começou até que em bom ritmo, mas ao longo da corrida, pilotos um pouco afoitos, e a pista veloz e larga também ajudaram.
Mas a corrida também contou com bastante ultrapassagens e disputas, com um final para lá de conturbado, ao fim de mortos e feridos a corrida teve um grande final.

QUALIFICAÇÃO.
Yuri Araujo (Cisco Air Racing 3) fez a pole position com o tempo de 1:00.994, enquanto a Chrome Racing veio na sequência com seus dois carros, com Jonatan Brochier e Dani Gomes na sequência. Vinicius Oliveira fechou a segunda fila com a Cisco Air Racing 2.
Marcio Rocha, Felipe Granado, João Gabriel, Alexandre Oliveira, Paulo Rodrigues e Ernesto Brock completaram o top 10 dos 20 carros que largaram.


CORRIDA.
A primeira parte da corrida começou bem de certa forma, com uma largada tranquila, menos para Yuri Araújo que líder da prova, acabou tendo problemas com seu simulador e caiu fora da corrida.
Com isso Vinicius Oliveira foi quem assumiu a liderança seguido de Jonatan Brochier e Alexandre Oliveira (CTE Racing HVM).
Com a primeira bandeira amarela agitada vários pilotos foram aos pits, tanto para a lógica parada, quanto para trocar o composto de pneus, já que era obrigatório o uso de dois compostos na corrida.
Na relargada Brochier apareceu como líder da prova, na 14ª volta foi a vez de Felipe Granado (CTE Racing HVM) ir a ponta da prova.
Na 18ª volta com nova janela de pits entre os pilotos que não haviam parado, Vinicius Oliveira reassumiu a ponta da prova.
No trecho final da corrida, a corrida começou a amarrar com as bandeiras amarelas, Jonatan Brochier vinha liderando, seguido de Martin Rossi e Brock. Na 39ª volta Ernesto Brock assume a ponta da prova, enquanto nova amarela acontecia.
Na última volta relargada da amarela depois de duas tentativas, Brock vem na curva com Alexandre Oliveira e Brochier tentando a ultrapassagem mas Elisio Netto (Cisco Air Racing) mergulhou e acertou o piloto da Chrome, com isso nova bandeira amarela agitada.
Com 46 voltas completadas, Ernesto Brock vence o GP de Cleveland com Alexandre Oliveira em segundo fechando a dobradinha do grupo HVM, Vinicius Oliveira fechou na terceira posição, mas Alexandre Oliveira foi punido por um toque com o próprio Vinicius Oliveira, com isso Vinicius Oliveira foi o segundo, e Emerson Czerkawski o terceiro colocado, com o top 10 após as punições sendo completados por: Marcio Rocha, Felipe Granado, João Gabriel, Alexandre Oliveira, Jonatan Brochier, Paulo Maeda e Dani Gomes, dos 15 carros que completaram a prova oficialmente.


PROTESTOS E PUNIÇÕES.
V.de Oliveira > A.Oliveira (volta 32) +20s N2
F.Costa > H.Vamberto (volta 41) Reversiva +20s N2 *
E.Czerkawski > F.Granado (volta 22) Indeferido
E.Czerkawski > M.Rossi (volta 36) indeferido
E.Czerkawski > E.Netto (volta 23) +20s N2
E.Brock > E.Netto (volta 22) +20s N2
P.Maeda > M.Rossi (volta 44) +30s N3
J.Brochier > E.Netto (volta 46) +30s N3
D.Gomes > E.Netto (volta 46) +30s N3
M.de Andrade > M.Rossi (volta 42) +30s N3

*Foi considerado o #57 causador do incidente com o #80 por frear de forma abrupta mesmo com espaço de carros a frente.

Direção > J.Brochier - N1 (Continuou na pista mesmo sem roda)
Direção > E.Netto - N1 (Parou para em amarela para dar passagem ao carro #44 não seguindo os protocolos de amarela, inclusive atrapalhando o trafego do numero #8 e #57.)
Direção > J.Brochier - N3 (Retorno perigoso ao rodar por estar sem a roda e bater no #67)
Direção > F.Costa - N1 (Deixou buraco no grid de largada)
Direção > P.Rodrigues – N1 (Demorou a seder passagem em bandeira azul)
Direção > M.Rossi - +5s N1 (De acordo com briefing, derrubou cone da saída de box)
Direção > P.Rodrigues – DQ (Não utilizou 2 compostos de pneus na etapa)

Notificações.
Martin Rossi (1) evitar retornos a pista de forma perigosa quando se acidentar
Martin Rossi (2) evitar o excesso de zigue-zague para aquecer pneus
Paulo Rodrigues – facilitar as ultrapassagens de bandeira azul.

ADV
Achylles Jr > M.Rossi – O piloto #8 retorna a pista após incidente de forma que não esperou o pelotão passar assim voltando de forma perigosa.
 
Pontuação carteira punitiva.
Elisio Netto +11 pts
Martin Rossi +7 pts
Francisco Costa +4 pts
Jonatan Brochier +4 pts
Alexandre Oliveira +2 pts
Paulo Rodrigues +1 pts

O piloto #67 (Elisio Netto) estourou os 10 pts na carteira e está excluído do campeonato.
O piloto #08 (Martin Rossi) largará dos boxes na próxima etapa.

COMO FICOU?
Ernesto Brock assume a liderança do campeonato com 39 pontos, enquanto Marcio Rocha é o vice líder com 34 pontos. Em terceiro vem Emerson Czerkawski que aparece com 28 pontos.
Francisco Costa e Marco Parma completam o top 5 do campeonato.


A HVM Racing Team sai de Cleveland como líder do campeonato com 67 pontos, enquanto a Cisco Air Racing vem com 60 pontos até o momento.
A Chrome Racing mesmo com os azares ainda é a terceira colocada do campeonato com 31 pontos.
CTE Racing HVM e Cisco Air Racing 2 completam o top 5.


PROXIMA ETAPA:
Agora a categoria vai a Baltimore para a terceira etapa e a primeira da temporada em circuito de rua, em um traçado bem complicado aos pilotos e será um desafio enorme.

VT DA ETAPA.



Leia Mais... ►

[T2 2021] - Web Zone Rio 400



E o Rio de Janeiro continua lindo, e pelo terceiro ano consecutivo vem ai uma corrida no antigo traçado oval de Jacarepaguá. depois de anos como Rio 200, agora é a vez da Web Zone Rio 400, contando com 133 voltas e com os belos bólidos da CART para a etapa.
Serão 32 vagas para o evento que acontecerá dia 21/04, serão 400km de pura emoção e tudo isso com transmissão ao vivo da Xplay Esports.

INSCRIÇÕES:
NUMERAÇÃO:
MOD: 
TEMPLATES: 
CARSET (21/04 - 05:05)
PLUGIN BANDEIRA AMARELA (OBRIGATÓRIO)


Lista de Inscritos: 22/32
 Confirmado
 Aguardando pagamento
 Em Espera
 Desistência

 #56 - Emerson Czerkawski (HVM Racing Team) Eagle/Toyota/Goodyear
 #30 - Marcelo Nunes (Mystery Racing) Reynard/Honda/Goodyear
 #83 - Paulo Maeda (BFMT Supersonic Motorsports) Reynard/Honda/Firestone
 #76 - Leonardo Lopes (BFMT Supersonic Motorspors) Reynard/Honda/Firestone
 #10 - João Gabriel (CTE Racing HVM) Eagle/Toyota/Goodyerar
 #06 - Felipe Granado (CTE Racing HVM) Eagle/Toyota/Goodyear
 #15 - Thallisson Santos (HVM Racing Team) Eagle/Toyota/Goodyear
 #27 - João Hebert (M Tech Sports) Reynard/Ford/Firestone
 #50 - Marco de Andrade (M Tech Sports) Reynard/Ford/Firestone
█ #27 - Paulo Rodrigues (Time XtraBe) Reynard/Honda/Goodyear
█ #54 - Lucas Periotto (M Tech Academy) Reynard/Ford/Firestone
█ #67 - Elisio Netto (Cisco Air Racing) Reynard/Honda/Firestone
█ #57 - Francisco Costa (Cisco Air Racing) Reynard/Honda/Firestone
█ #21 - Marcio Rocha (Cisco Air Racing 2) Reynard/Honda/Firestone
 #71 - Vinicius Oliveira (Cisco Air Racing 2) Reynard/Honda/Firestone
 #43 - Alexandre Oliveira (Herdez Competition) Eagle/Toyota/Goodyear
 #91 - Leonardo de Souza (Kemba Racing) Swift/Ford/Goodyear
 #60 - Emanuel Granja (Parma Motorsports) Lola/Ford/Goodyear
 #39 - Marco Parma (Parma Motorsports) Lola/Ford/Goodyear
█ #20 - Felipe Muniz (OS Front Row) Reynard/Honda/Firestone
█ #33 - Luciano Rocha (#268 Racing) Swift/Ford/Firestone
 #37 - Tarso Marques (Chrome Racing) Reynard/Honda/Firestone
█ #44 - Jonatan Brochier (Chrome Racing) Reynard/Honda/Firestone
█ #77 - Dani Gomes (Fire Falcon Virtual Racing) Reynard/Honda/Firestone



HORARIOS: 

Briefing – 20:15h
Fim de Briefing – 20:40h
Qualificação: 20:45h
Warm up: 20:45h (5 minutos)
Corrida: 20:50h

Formato da classificação.
Grupo com todos na pista de forma privada. com cada um fazendo uma volta rápida.

O Não comparecimento na sala de briefing, em 2 minutos após o início a sala será fechada com senha e o piloto que chegar atrasado ficará sem qualy, e se houver incidentes relacionados ao que foi explicado em briefing o piloto pode ser punido.

A liga também se dá ao direito de fazer uma chamada nominal quando suspeitar que um piloto não esteja na sala ouvindo o briefing, ou fazer perguntas aleatórias para ter certeza que está sendo escutado o conteúdo da prova.

SKINS
Data da Entrega: 18/04/2021 as 20h (É obrigatório o uso de uma skin encima da template base da liga.)

DURAÇÃO DO EVENTO:
Corrida: 133 voltas
Vagas: 32 pilotos


CONFIGURAÇÕES DO SERVIDOR:
Horário servidor: 14h
Bandeiras: Somente Preta (sistema de amarela manual)
Tipo de Largada: em movimento.
Câmeras: Cockpit/TV do Cockpit
Setup: Fixo
Parque fechado: Não
Parada obrigatória: Não
Danos carro: 100%
Combustível: x2
Consumo pneus: x2
Aceleração tempo: 1x
Falhas mecânicas: Normal
ABS: Mínimo
TC: Mínimo
Embreagem: Permitido
Emborracha mento: Normal
Condição pista: Normal
Jogos de pneus: x10
Pneus: Normal
Inversão Grid: Não
DRS: Não
Push to Pass: Não

DIREÇÃO DE PROVA E PENALIZAÇÕES APLICADAS AO PILOTO
Toda etapa da categoria será passível de análise e penalizações das infrações ocorridas. A Direção de Prova ocorrerá pós-corrida de acordo com as regras previstas nos itens de penalizações.

Salvo casos de força maior onde poderá ser colocado uma direção em caráter de emergência.

BANDEIRA AMARELA
Nesta categoria, haverá o sistema de bandeira amarelas previsto pela liga com o uso do plugin da liga.

O piloto que não respeitar o procedimento será excluído da etapa, receberá como punição 3 pontos na carteira e em caso de reincidência será excluído do campeonato.

ESCOLHAS DOS CARROS
A escolha do motor é feita no ato da inscrição. Não podendo mudar depois de feira.

PILOTOS
Todo piloto, ao contratar o serviço, está de acordo com o regulamento e as regras vigentes, estando inclusive sujeito ás punições que por ventura vier a sofrer ao incorrer em alguma infração.

ACESSO E/OU SUBSTITUIÇÃO DE PILOTO

Tanto o acesso como a substituição de pilotos na competição, só será permitido com a prévia análise da administração da categoria e se realizados até a 3ª etapa da temporada. A partir desta, somente pilotos que já participaram ao menos de uma etapa do campeonato.

A Liga se dá ao direito de ter 24 horas de antecedência para liberar ou não um piloto substituto, onde a mesma analisará se o piloto estará apto a correr o fato do piloto ter voltas no servidor pode ser um ponto de facilitação para a liberação, será aceito substituições de aviso até 23:59 do dia anterior a corrida. Fora deste horário previsto não será permitido.
Serão aceitos apenas os avisos feitos pelo formulário da liga neste link

https://docs.google.com/forms/d/1d0oaCkoKIBEUva0ieFWXTO3LlfzeizNLelPMPItv-ww/edit

EQUIPES 
As equipes devem ser compostas por no mínimo 1 e no máximo 2 pilotos.  As equipes participantes poderão inscrever subequipes na mesma competição desde que preencham o número mínimo no time principal (dois carros).

A equipe deve conter o mesmo modelo de carro, podendo a subequipe ter outro modelo sem problemas.

PREMIAÇÃO
Serão oferecidos ao final da competição prevista, troféu comemorativo para o campeão.

PUNIÇÕES

Tipos de infrações
Informal
 – 5 segundos
Cut Track (quando houver necessidade de analise manual)
*Em caso de estouro a cima de 60 segundo o piloto é desclassificado da etapa.
  
Leve – 10 segundos (1 pontos na carteira)
- Entrar ou sair dos boxes sem respeitar a linha demarcada
- Trocar de faixa de direção mais de uma vez ao defender a posição
- Realizar ultrapassagem irregular estando em disputa por posição
- Não respeitar a sinalização de Bandeira Azul
Chat durante sessão oficial (Classificação e Corrida)
- Uso de farol para reclamação
- Defesa de posição forçando situação perigosa.

 *O Chat é oficialmente proibido para xingamentos, comemorações antes do encerramento da etapa. Esses casos são punidos.

É considerado o caso em situações de emergência como notificações a direção de prova, ainda assim, se recomenda que o piloto ao invés de usar o chat utilize o mesmo botão de chamar o diretor de provas para abandono

Média – 20 segundos (2 pontos na carteira)
- Permanecer em pista com o carro danificado causando risco aos oponentes
- Causar incidente estando ou não em disputa por posição
- Realizar ultrapassagem durante a presença do Safety-Car na pista
- Empurrão lateral.

 Pesada -  30 segundos (3 pontos na carteira)
- Desrespeitar qualquer procedimento geral não previsto anteriormente que foi acertado no Briefing oficial da etapa
- Fazer volta a mais no qualifiyng (além da perda do direito de participar do próximo)
- Condutas Antidesportivas (Penalização será definida pela direção de prova)
- Causar acidente ao manobrar ou retornar de forma imprudente a pista
- Causar acidente removendo mais de um adversário da pista
- Causar acidente durante a presença de Safety-Car
- Causar acidente fazendo outros pilotos abandonar.
- Causar acidente em ultrapassagem sendo retardatário
- Causar acidente na ultrapassagem sobre retardatário
- Realizar pit-stop durante a presença do Safety-Car na pista (salvo quando autorizado)
- Causar acidente após o encerramento da corrida como forma de payback

Extra -  DQ (3 pontos na carteira)
- Desrespeitar procedimento da bandeira amarela e abandonar sem permissão

- Em caso de um piloto não completar a prova e ser punido, o mesmo fica perde posições no grid de largada.

Leve – 5 posições
Media -10 posições
Pesada – 15 posições
Extra - Boxes

*Em caso de punição duplicada, a perde de grid também é duplicada.

 Acúmulo de penalizações: CARTEIRA DE PONTOS
- O piloto tem uma carteira de pontos com cada tipo de punição valendo de 1, 2 ou 3 pontos conforma a gravidade dos lances
- 05 pontos alcançados o piloto fica sem qualifiyng na etapa seguinte
- 06 pontos alcançados o piloto largará dos boxes na etapa seguinte
- 08 pontos alcançados o piloto ficará suspenso por uma etapa (em caso de campeonato de baterias é 1 bateria)
- 10 pontos alcançados o piloto será excluído do campeonato.

Ao final da temporada a liga removerá apenas 50% dos pontos do piloto na carteira, com isso ele leva a próxima 50% dos pontos que tiver na carteira para a outra temporada, quando o ano termina, as carteiras são zeradas*

A Carteira leva em consideração o campeonato disputado ou o subsequente substituto do campeonato na temporada seguinte, e não todos os campeonatos de uma vez.

Protestos
A equipe que quiser fazer um protesto pode fazer até 24h após o evento, preenchendo o seguinte formulário na aba do site, somente os chefes de equipes ou representante tem a permissão para enviar os protestos.
A equipe pode optar por usar o replay oficial ou o seu caso não possa esperar a liberação do oficial, porém fica o adendo que será considerado os dados do replay oficial para análise dos lances.

Leia Mais... ►

[T2 2021] - Indianapolis 500


Ela vem para a sua quarta edição, é a vez da Indy 500 já tradicional na VORC Series.
O evento contará com dois dias de evento, com o Pole Day sendo disputado no dia 08 de Maio, e a corrida no dia 15 de Maio, para as 500 milhas.
O numero de inscritos será ilimitado, porém apenas os 26 melhores irão largadar para a corrida mais disputada do mundo.
Os pilotos que ficarem fora dos 26 melhores, terão direito a disputar a Freedom 100, evento suporte que será realizado com os Indy Lights.
O evento contará com o sistema de bandeira amarela da liga, e a transmissão ficará a cargo da Xplay Esports

OBS* A inscrição é para a participação do evento da Indy 500, que consiste em dois dias de evento, os pilotos devem estar ciente que o valor pago não garante vaga na corrida, e que em caso de não classificação, não será estornado valor algum pois como notificado o evento é previsto em dois dias sendo Qualificatório e com vagas reduzidas. Sendo os pilotos não classificados, tendo o direito de correr a Freedom 100 sem pagamento como forma de compensação.

INSCRIÇÕES:
NUMERAÇÃO:
MOD: (Mesmo do campeonato Indycar)
Carset Indycar T2 (Nescessário) 16/04/21 00:30h
TEMPLATES: 
Indianapolis pista:

CARSET OFICIAL INDY 500: 
PLUGIN BANDEIRA AMARELA (OBRIGATÓRIO)


Lista de Inscritos: 40 Inscritos
 Confirmado
 Aguardando pagamento
 Em Espera
 Desistência

#56 - Emerson Czerkawski - HVM Racing Team - Honda
█ #83 - Paulo Maeda - BFMT Supersonic Motorsports - Honda
█ #50 - Marco de Andrade - M Tech Sports - Chevrolet
█ #65 - Alisson Borges - 4EverBr - Honda
█ #55 - Edgar Horst Jr - M Tech Sports
█ #45 - Gabriel Gomez - BEcom E-Sports - Chevrolet
█ #37 - Erick Schotten - BEcom E-Sports - Chevrolet
 #XX - Gabriel Zamboni - BEcom E-Sports 2 - Chevrolet
█ #33 - Luciano Rocha - #268 Racing - Honda
█ #81 - Ike Ramos - 0KM MP Racing - Honda
█ #19 - Ian Mello - BEcom E-Sports 2 - Chevrolet
 #20 - Felipe Muniz - OS Front Row - Honda
█ #53 - Enrico de Lucca - BEcom E-Sports 3 - Chevrolet
█ #64 - Cyro Santana - 4EverBr - Chevrolet
█ #91 - Leonardo de Souza - Kemba Racing - Chevrolet
█ #10 - João Gabriel - HVM Racing Team - Honda
█ #27 - Paulo Rodrigues - Time XtraBe - Honda
█ #67 - Elisio Netto - Cisco Air Racing - Chevrolet
█ #15 - Thallisson Santos - CTE Racing HVM - Honda
█ #30 - Marcelo Nunes - Mystery Racing - Honda
█ #101 - Bruno Pagiola - BMRS E-Sports - Chevrolet
█ #02 - Pablo Parucci - Prima Squadra Racing - Chevrolet
█ #28 - João Hebert - M Tech Academy - Chevrolet
█ #97 - Jair Oliveira - Soul Drivers - Honda
█ #09 - Frank Vasconcelos - NBR AV Clube - Honda
█ #31 - Achylles Junior - M Tech Academy - Chevrolet
█ #59 - Marcelo Vieira - Parma Motorsports - Honda
█ #102 - Gil Ribeiro - GDR Sports Race - Honda
█ #103 - Paulo Tchachalowski - Team Tchacha - Honda
█ #104 - Rodrigo Garcia - Netcode - Chevrolet
█ #14 - Alessandre Silva - Parma Motorsports - Honda
█ #43 - Alexandre Oliveira - CTE Racing HVM - Honda
█ #57 - Francisco Costa - Cisco Air Racing - Chevrolet
█ #71 - Vinicius Oliveira - Cisco Air Racing 2 - Chevrolet
█ #21 - Marcio Rocha - Cisco Air Racing 2 - Chevrolet
█ #88 - Claudio Lima - J-MANBR - Chevrolet
█ #61 - Guido Seelig - TBA - Honda
█ #54 - Lucas Periotto - M Tech SimRacing - Chevrolet
█ #13 - Jackson de Souza - BEcom E-Sports 2 - Chevrolet
█ #105 - Ronaldo Silva - EG Racing - Chevrolet
█ #106 - Thiago Rodrigues - Cisco Air Racing 3 - Chevrolet
█ #60 - Emanuel Granja - Parma Motorsports 2 - Honda

HORARIOS: 08/05 Qualificação
Briefing – 21:00h
Fim de Briefing – 21:20h
Qualificação: 21:30h

Formato da classificação.
- Os inscritos serão divididos em grupos de no máximo 10 pilotos (variável ao numero de inscritos)
- Após os grupos andarem em uma sessão privada com duas voltas rápidas, os 23 melhores garantem vaga na corrida de forma direta.
- Os pilotos restantes disputam as 3 ultimas vagas com o Bump Day numa sessão extra com duas voltas rápidas, mas os pilotos indo um a um a pista.
- Os pilotos que ficarem fora dos 26, além de ficar na fila de espera para a corrida, terão uma vaga para a Freedom 100 de forma gratuita.

HORARIOS: 15/05 Corrida
Briefing – 20:00h
Fim de Briefing – 20:25h
Warm up: 20:25h (10 minutos)
Corrida: 20:35h

O Não comparecimento na sala de briefing, em 2 minutos após o início a sala será fechada com senha e o piloto que chegar atrasado ficará sem qualy, e se houver incidentes relacionados ao que foi explicado em briefing o piloto pode ser punido.
A liga também se dá ao direito de fazer uma chamada nominal quando suspeitar que um piloto não esteja na sala ouvindo o briefing, ou fazer perguntas aleatórias para ter certeza que está sendo escutado o conteúdo da prova.

SKINS
Data da Entrega: 05/05/2021 as 20h (É obrigatório o uso de uma skin encima da template base da liga.)

DURAÇÃO DO EVENTO:
Qualificação: 

Formato da classificação.
- Os inscritos serão divididos em grupos de no maximo 10 pilotos (variável ao numero de inscritos)
- Após os grupos andarem em uma sessão privada com duas voltas rapidas, os 23 melhores garantem vaga na corrida de forma direta.
- Os pilotos restantes disputam as 3 ultimas vagas com o Bump Day numa sessão extra com duas voltas rápidas, mas os pilotos indo um a um a pista.
- Os pilotos que ficarem fora dos 26, além de ficar na fila de espera para a corrida, terão uma vaga para a Freedom 100 de forma gratuita.

Warm Up: 10 minutos
Corrida: 200 voltas
Vagas: 26 pilotos

Etapas:
08/05 - Qualificação
15/05 - Indianapolis 500

CONFIGURAÇÕES DO SERVIDOR:
Horário servidor: 14h
Bandeiras: Somente Preta (sistema de amarela manual)
Tipo de Largada: em movimento.
Câmeras: Cockpit/TV do Cockpit
Setup: Fixo
Parque fechado: Não
Parada obrigatória: Não
Danos carro: 100%
Combustível: x2
Consumo pneus: x1
Aceleração tempo: 1x
Falhas mecânicas: Normal
ABS: Mínimo
TC: Mínimo
Embreagem: Permitido
Emborracha mento: Normal
Condição pista: Normal
Jogos de pneus: x10
Pneus: Normal
Inversão Grid: Não
DRS: Não
Push to Pass: Não

DIREÇÃO DE PROVA E PENALIZAÇÕES APLICADAS AO PILOTO
Toda etapa da categoria será passível de análise e penalizações das infrações ocorridas. A Direção de Prova ocorrerá pós-corrida de acordo com as regras previstas nos itens de penalizações.

Salvo casos de força maior onde poderá ser colocado uma direção em caráter de emergência.

BANDEIRA AMARELA
Nesta categoria, haverá o sistema de bandeira amarelas previsto pela liga com o uso do plugin da liga.

O piloto que não respeitar o procedimento será excluído da etapa, receberá como punição 3 pontos na carteira e em caso de reincidência será excluído do campeonato.

ESCOLHAS DOS CARROS
A escolha do motor é feita no ato da inscrição.

PILOTOS
Todo piloto, ao contratar o serviço, está de acordo com o regulamento e as regras vigentes, estando inclusive sujeito ás punições que por ventura vier a sofrer ao incorrer em alguma infração.

ACESSO E/OU SUBSTITUIÇÃO DE PILOTO

Tanto o acesso como a substituição de pilotos na competição, só será permitido com a prévia análise da administração da categoria e se realizados até a 3ª etapa da temporada. A partir desta, somente pilotos que já participaram ao menos de uma etapa do campeonato.

A Liga se dá ao direito de ter 24 horas de antecedência para liberar ou não um piloto substituto, onde a mesma analisará se o piloto estará apto a correr o fato do piloto ter voltas no servidor pode ser um ponto de facilitação para a liberação, será aceito substituições de aviso até 23:59 do dia anterior a corrida. Fora deste horário previsto não será permitido.
Serão aceitos apenas os avisos feitos pelo formulário da liga neste link

https://docs.google.com/forms/d/1d0oaCkoKIBEUva0ieFWXTO3LlfzeizNLelPMPItv-ww/edit

EQUIPES 
As equipes devem ser compostas por no mínimo 1 e no máximo 2 pilotos.  As equipes participantes poderão inscrever subequipes na mesma competição desde que preencham o número mínimo no time principal (dois carros).

A equipe deve conter o mesmo modelo de carro, podendo a subequipe ter outro modelo sem problemas.

PREMIAÇÃO
Serão oferecidos ao final da competição prevista, troféu comemorativo para o campeão.

PUNIÇÕES

Tipos de infrações
Informal
 – 5 segundos
Cut Track (quando houver necessidade de analise manual)
*Em caso de estouro a cima de 60 segundo o piloto é desclassificado da etapa.
  
Leve – 10 segundos (1 pontos na carteira)
- Entrar ou sair dos boxes sem respeitar a linha demarcada
- Trocar de faixa de direção mais de uma vez ao defender a posição
- Realizar ultrapassagem irregular estando em disputa por posição
- Não respeitar a sinalização de Bandeira Azul
Chat durante sessão oficial (Classificação e Corrida)
- Uso de farol para reclamação
- Defesa de posição forçando situação perigosa.

 *O Chat é oficialmente proibido para xingamentos, comemorações antes do encerramento da etapa. Esses casos são punidos.

É considerado o caso em situações de emergência como notificações a direção de prova, ainda assim, se recomenda que o piloto ao invés de usar o chat utilize o mesmo botão de chamar o diretor de provas para abandono

Média – 20 segundos (2 pontos na carteira)
- Permanecer em pista com o carro danificado causando risco aos oponentes
- Causar incidente estando ou não em disputa por posição
- Realizar ultrapassagem durante a presença do Safety-Car na pista
- Empurrão lateral.

 Pesada -  30 segundos (3 pontos na carteira)
- Desrespeitar qualquer procedimento geral não previsto anteriormente que foi acertado no Briefing oficial da etapa
- Fazer volta a mais no qualifiyng (além da perda do direito de participar do próximo)
- Condutas Antidesportivas (Penalização será definida pela direção de prova)
- Causar acidente ao manobrar ou retornar de forma imprudente a pista
- Causar acidente removendo mais de um adversário da pista
- Causar acidente durante a presença de Safety-Car
- Causar acidente fazendo outros pilotos abandonar.
- Causar acidente em ultrapassagem sendo retardatário
- Causar acidente na ultrapassagem sobre retardatário
- Realizar pit-stop durante a presença do Safety-Car na pista (salvo quando autorizado)
- Causar acidente após o encerramento da corrida como forma de payback

Extra -  DQ (3 pontos na carteira)
- Desrespeitar procedimento da bandeira amarela e abandonar sem permissão

- Em caso de um piloto não completar a prova e ser punido, o mesmo fica perde posições no grid de largada.

Leve – 5 posições
Media -10 posições
Pesada – 15 posições
Extra - Boxes

*Em caso de punição duplicada, a perde de grid também é duplicada.

 Acúmulo de penalizações: CARTEIRA DE PONTOS
- O piloto tem uma carteira de pontos com cada tipo de punição valendo de 1, 2 ou 3 pontos conforma a gravidade dos lances
- 05 pontos alcançados o piloto fica sem qualifiyng na etapa seguinte
- 06 pontos alcançados o piloto largará dos boxes na etapa seguinte
- 08 pontos alcançados o piloto ficará suspenso por uma etapa (em caso de campeonato de baterias é 1 bateria)
- 10 pontos alcançados o piloto será excluído do campeonato.

Ao final da temporada a liga removerá apenas 50% dos pontos do piloto na carteira, com isso ele leva a próxima 50% dos pontos que tiver na carteira para a outra temporada, quando o ano termina, as carteiras são zeradas*

A Carteira leva em consideração o campeonato disputado ou o subsequente substituto do campeonato na temporada seguinte, e não todos os campeonatos de uma vez.

Protestos
A equipe que quiser fazer um protesto pode fazer até 24h após o evento, preenchendo o seguinte formulário na aba do site, somente os chefes de equipes ou representante tem a permissão para enviar os protestos.
A equipe pode optar por usar o replay oficial ou o seu caso não possa esperar a liberação do oficial, porém fica o adendo que será considerado os dados do replay oficial para análise dos lances.

Leia Mais... ►