MENU

Drop Down MenusCSS Drop Down MenuPure CSS Dropdown Menu

Na reta curva de Iowa!!!, IMSA Series fecha temporada de 2019.



A IMSA Series chegou à final da T4 2019, com dois títulos ainda em disputa o da DPI, e da GTLM, os 13 carros que tiveram o dever de completar os 90 minutos com a corrida começando na parte final da tarde e terminando no início da noite.

QUALIFICAÇÃO:
DPI:
Ricardo Prediger (Team Schnell) cravou a pole com 38,463. Enquanto Cesar Bergesch com sua Black Wings foi o segundo colocado com 38.833, Tarso Marques da Chrome Racing e Emerson Czerkawsky (HVM Racing Team) completaram os quatro DPI.


GTLM:
Cadu Maciel (BSP Racing 2) então líder do campeonato fez a pole com 40,153. Já Luciano Rocha da #268 Racing fez o tempo de 40,200.
Cristiano Gomes, João Hebert e Vinicius Gonçalves completaram os 5 carros da classe.


GTD:
Alisson Bullet (Simel Racing) foi o azarado pois fez a pole position, porém na sequencia problemas o fizeram ficar de fora da prova, mas havia feito a pole com o tempo de 42,152. Com Michel Oliveira da Tornado e-Motorsports em segundo, Jesus Neto e Caio Possati foram os outros dois que completaram a etapa.


CORRIDA:
DPI:
Com uma largada bem tranquila, Ricardo Prediger seguiu na ponta da prova, enquanto Bergesch, Tarso e Czerkawsky trocavam posições na disputa, com Emerson Czerkawsky levando a pior ao pegar uma zebra e tendo de parar mais cedo para recolocar o spoiler dianteiro.
Cesar Bergesch acabou errando e ao longo da prova com outros erros acabou ficando para trás na corrida, com Emerson Czerkawsky e Tarso Marques disputando a segunda posição na base da estratégia, mas com Tarso Marques levando a melhor em um pit stop no final da prova de Emerson Czerkawsky.
Ao final de 138 voltas em full green, Ricardo Prediger venceu a etapa, e se sagrou campeão da categoria DPI, com Tarso Marques em segundo e Emerson Czerkawsky fechando em terceiro.


GTLM:
A corrida da GTLM foi a mais movimentada, com quatro dos cinco pilotos liderando a prova em algum momento, com Cristiano Gomes (Calango Racing) e Cadu Maciel sendo os que mais lideraram, enquanto Luciano Rocha aparecia em certos momentos na liderança.
Ao final de 132 voltas, Cristiano Rocha que assumiu a liderança na volta 86 de onde não mais saiu, com Cadu Maciel em segundo lugar e Luciano Rocha fechando com o segundo posto, com isso Cadu Maciel se sagrou campeão da GTLM e Cristiano Gomes ficando com o Vice campeonato.


GTD:
Com a queda de Alisson Bullet, quem se aproveitou para sair na frente foi Caio Possati na primeira volta com sua MTech Academy, mas durando apenas uma volta, com Jesus Neto da BSP Racing liderando, mas começando a trocar posições com Michel Oliveira. Caio Possati novamente liderou entre as voltas 31 e 35.
Mas Possati abandonou logo na sequência, e Jesus Neto acabou abandonando na volta 102, com isso Michel Oliveira foi o GTD solitário no final de prova por 21 voltas.
Michel Oliveira foi o vencedor, com Jesus Neto em segundo e Caio Possati em terceiro mesmo com o abandono.


PROTESTOS E PUNIÇÕES:
C.Gomes > J.Hebert – [Notificação de auto punição]

Carteira de pontos:


PONTUAÇÃO PILOTOS:
DPI:

GTLM:

GTD:

PONTUAÇÃO EQUIPES:
DPI:

GTLM:

GTD:

VT DA ETAPA: