MENU

Drop Down MenusCSS Drop Down MenuPure CSS Dropdown Menu

John Martins vence em Mugello, e Andre de Carli coloca mão no titulo.


Depois de duas etapas em pistas americanas, a clássica disputa Ford x Ferrari chegou agora em território italiano, mais precisamente na pista de Mugello. Após duas vitórias da Ford, a Ferrari agora correndo em casa tenta dar o troco, no desafiador circuito de 5.245 metros.

QUALIFICAÇÃO:
Fabricio Matheussi colocou a Ford na pole position com o tempo de 1:46.908 sendo apenas 0,002s mais rápido que Alisson Borges, de Ferrari. A segunda fila era toda da Ferrari com John Martins largando em terceiro tendo Tonga Guardia ao seu lado. Na sequência vinham Ricardo Prediger (Ford), Ernesto Brock (Ferrari), Tiago Pizane (Ford), Andre de Carli (Ford), Dani Gomes (Ferrari) e Jesus Neto (Ferrari) fechando os 10 primeiros de um total de 23 carros largando para essa etapa.


CORRIDA:
A largada se deu de maneira tranquila e sem maiores problemas, com os primeiros colocados mantendo suas posições e tendo como única baixa, Emanuel Granja (Ferrari) que abandonou na segunda volta.
Na quarta volta foi a vez do líder Fabricio Matheussi (Ford) ter problemas e abandonar a prova, deixando o caminho livre para André de Carli (Ford) disparar no campeonato.
Com 10 minutos de prova, Alisson Borges (Ferrari) seguia na liderança, com Ricardo Prediger (Ford) em segundo, John Martins (Ferrari) em terceiro e André de Carli (Ford) na quarta posição.
Na sexta volta, Ernesto Brock (Ferrari) e Gilson Rodrigues (Ford) tiveram problemas e se retiraram da corrida, restando 19 carros na pista.
La na frente, Ricardo Prediger (Ford) partia para o ataque para cima de Alisson Borges (Ferrari) e assumia a ponta enquanto André de Carli (Ford) ultrapassava John Martins (Ferrari) subindo para a terceira posição.
Algumas voltas depois, Alisson Borges (Ferrari) errou sozinho e caiu para a quarta posição, deixando assim a Ford nas duas primeiras posições em território italiano.
Enquanto André de Carli (Ford) colocava pressão em Ricardo Prediger (Ford), chegamos a metade da prova e com isso começaram as paradas nos boxes. As primeiras posições se mantiveram inalteradas, mas a parada de André de Carli foi mais demorada e assim voltou para a pista recebendo pressão de John Martin (Ferrari) que não demorou para passar numa bela manobra.
Faltando 15 minutos para o final, John Martins (Ferrari) partiu para o ataque a Ricardo Prediger (Ford) e assumiu a ponta da prova, mas sem conseguir abrir vantagem. Assim, Martins (Ferrari) e Prediger (Ford) vinham recebendo pressão de André de Carli (Ford) que era nitidamente o mais rápido dos três. Até que de Carli (Ford) rodou após um toque com Prediger (Ford) na primeira curva e acabou ficando mais para trás, faltando apenas 8 minutos para o final.
Mais uma vez, a última volta da prova viu o caos se formar com vários pilotos tendo problemas de combustível. Sem tomar conhecimento disso tudo, John Martins, depois de 35 voltas completadas, levou a Ferrari a primeira vitória no campeonato, correndo em casa. André de Carli conseguiu na última volta colocar seu Ford na segunda posição, e Alisson Borges completou o pódio com sua Ferrari.
Cadu Maciel (Ford) e Jesus Neto (Ferrari) finalizaram na 4.ª e 5.ª posição respectivamente. Ricardo Prediger viu o 2.º lugar escapar na última volta quando teve que tirar o pé para poupar combustível, terminando apenas na 6.ª posição. Luciano Rocha (Ford), também sem combustível completou em 7.º, empurrado pela Ferrari de Alexandre Oliveira que foi o 8.º. João Hebert também com problemas de combustível foi o 9.º e Tiago Pizane (Ford) completou os 10 primeiros mesmo sem ter cruzado a linha de chegada, com pane seca. Ainda tivemos os abandonos de Dani Gomes (Ferrari) e Martin Rossi (Ford) sem combustível.
Foi mais uma prova sensacional, com 16 carros cruzando a linha de chegada e sendo a primeira vitória da Ferrari correndo em casa.


PROTESTOS E PUNIÇÕES:
A.de Carli > R.Prediger [Indeferido] Analise considerou lance de corrida.

CARTEIRA DE PONTOS PUNITIVOS:



PONTUAÇÃO PILOTOS:

Andre de Carli segue lider do campeonato e agora com uma vantagem ainda maior com relação ao vice-lider, com 39 pontos, tendo 12 a mais que John Martins que agora é vice lider, já Cadu Maciel é o terceiro colocado no campeonato com 21 pontos somados até aqui.


PONTUAÇÃO EQUIPES:

A Kings of Asphalt é a lider com 39 pontos, a #268 Motorsport tem 27 pontos e a BSP Racing completando com 21 tentos somados.


PRÓXIMA ETAPA:

Agora a categoria vai a grande final em Monza, em uma corrida que a alta velocidade será a grande fator.

VT DA ETAPA: