MENU

Drop Down MenusCSS Drop Down MenuPure CSS Dropdown Menu

Danilo Sousa e Jesus Neto vencem em Silverstone e Mini Challenge tem 4 vencedores em 4 etapas.


Silvestone foi palco da segunda etapa da Mini Challenge England Series. Com um traçado praticamente oval, os pilotos teriam a difícil tarefa de brigar atacando e se defendendo ao mesmo tempo!
Com brigas intensas a corrida mostrou o cenário atual do campeonato com os pilotos praticamente empatados na briga pelo titulo.


QUALIFICAÇÃO:
Danilo Sousa (Fast Lap Esports) foi o mais rápido na classificação, com o tempo de 1:08.171, sendo 0,444s mais rápido que o segundo colocado, Ernesto Brock, da HVM Racing Team. Jesus Neto (BSP Racing) e Paulo Rodrigues (Time XtraBe) dividiam a segunda fila, com Alexandre Oliveira (HVM Racing Team) e Emerson Czerkawsky (CTE Racing HVM) fechando os seis primeiros.
Um total de 19 carros participaram do treino classificatório, com os 9 primeiros tendo ficado dentro do mesmo segundo.


BATERIA 1:
O pole Danilo Souza queimou a largada e disparou na frente, em uma primeira volta sem maiores problemas. Ao fim da terceira volta, Danilo Souza foi para os boxes cumprir um drive thru, e com isso Ernesto Brock assumiu a liderança com Jesus Neto e Paulo Rodrigues numa sensacional disputa pela segunda posição.
Marcelo Mattos (Sumatex Racing) chegou na disputa, mas um toque em Paulo Rodrigues jogou o piloto português para a 8.ª posição.
As disputas iam ocorrendo, mas diferente da primeira etapa, aqui os carros andavam mais espaçados. Alexandre Oliveira ultrapassou Marcelo Mattos assumindo a terceira posição, enquanto Jesus Neto aos poucos ia se aproximando do líder Ernesto Brock.
Faltando menos de 5 minutos para o final, Brock deu uma espalhada numa das curvas e Jesus Neto se aproveitou para assumir a liderança.
Brock bem que tentou recuperar a posição, mas depois de 19 voltas completadas, Jesus Neto levou a BSP Racing a vitória, destacando a bonita pintura em homenagem a Fernando Maciel. A dupla da HVM Racing Team, Ernesto Brock e Alexandre Oliveira completaram o pódio na 2.ª e 3.ª posições respectivamente.
Completando o Top 10 tivemos Marcelo Mattos, Marcelo Vieira, Emerson Czerkawsky, Paulo Rodrigues, Elisio Netto, Felipe Granado e Danilo Sousa.


BATERIA 2:
Com o grid invertido entre os 10 primeiros, Danilo Souza mais uma vez largava na pole position, dividindo a primeira fila com Felipe Granado. Elisio Netto, Paulo Rodrigues, Emerson Czerkawsky e Marcelo Vieira fechavam o top 6.
Na largada Felipe Granado assumiu a ponta, mas perdeu para Danilo Souza ao final da primeira volta. Em um início de prova bem mais movimentado e acidentado, Paulo Rodrigues e Marcelo Mattos duelavam pela 2.ª posição e assim como na primeira bateria, o piloto português levou um toque, dessa vez abandonando a corrida.
Na metade da prova tínhamos Danilo Sousa, Marcelo Mattos, Jesus Neto, Felipe Granado, Emerson Czerkawsky e Alexandre Oliveira entre os 6 primeiros.
Nos minutos finais, Jesus Neto assumiu a segunda posição de Marcelo Mattos em uma bela ultrapassagem por fora na curva 1. Alexandre Oliveira, em uma ótima recuperação, também ganhava a 4.ª posição de Felipe Granado.
Com 19 voltas completadas, finalmente Danilo Sousa levou a Fast Lap a vitória, em uma prova em que nem tomou conhecimento dos adversários. Jesus Neto subiu ao pódio novamente terminando em 2.º e Marcelo Mattos foi o 3.º. Completando o top 10 tivemos Alexandre Oliveira, Felipe Granado, Marcelo Vieira, Ernesto Brock, Helio Vamberto, Martin Rossi e Emerson Barina.


PROTESTOS E PUNIÇÕES:
Bateria 1:
P.Rodrigues > M.Mattos - [+20s, N2] Acidente

E.Netto > P.Rodrigues - [+30s, N2] Retorno Perigoso

Bateria 2:
P.Rodrigues > M.Mattos - [+20s, N2] Acidente

E.Barina > M.Rossi - [+20s, N2] Colisão

PONTUAÇÃO PILOTOS:
Alexandre Oliveira segue como lider do campeonato, agora com 73 pontos, enquanto Danilo Sousa vem em segundo com 72 pontos conquistados, Ernesto Brock vem colado na sequência com 71 pontos conquistados até aqui.


PONTUAÇÃO EQUIPES:

A HVM Racing Team segue lider do campeonato, com 86 pontos conquistados, contra 72 pontos da Fast Lap Esports. A BSP Racing fecha a trinca com 59 pontos.



PRÓXIMA ETAPA:

Agora a categoria chegará a Oulton Park, em sua versão Island, com um traçado mais técnico e um pouco mais longo que os iniciais da temporada.


VT DA ETAPA: