MENU

Drop Down MenusCSS Drop Down MenuPure CSS Dropdown Menu

Fabricio Matheussi vence em Lausitz e briga por titulo segue acirrada nos mínimos detalhes.


A Deutsche Challenge GT3 Series, depois de uma etapa inicial repleta de emoção, chegou a Lausitz para a sua segunda etapa, com clima de uma nova corrida onde não dava para se saber o que esperar, apesar de um traçado que tem partes de oval, a pista do "miolo" é bastante travada, e faria novamente uma corrida bastante cerebral onde as estratégias fariam a diferença.

QUALIFICAÇÃO:
Assim como nos treinos livres, Fabricio Matheussi sobrou na classificação e levou a BMW da V-Horse Racing Team a pole position, com o tempo de 1:44.321 sendo impressionantes 0,820s a frente do segundo colocado, Martin Rossi com o Audi da Scuderia Rossi.
A segunda fila era toda da Mercedes, com Ricardo Prediger (Team Schnell) e o então vice-lider, João Hebert (M Tech Academy).
Alexandre Emanuel abria a terceira fila com o Porsche da Parma Motorsports, tendo ao seu lado a BMW de Alexandre Oliveira da CTE Racing HVM.
Thallisson Santos, André Leite, o líder Emerson Czerkawsky e Rogério Reis completava o top 10 de um total de vinte cinco carros.


CORRIDA:
Antes mesmo da prova começar já tivemos a primeira baixa, com o Audi de Martin Rossi não conseguindo alinhar no grid e ficando de fora.
A largada de segurança transcorreu sem maiores problemas e sem alterações nas primeiras posições, enquanto na parte de trás do grid as ultrapassagens eram constantes.
Na 5.ª volta, o segundo colocado Ricardo Prediger bateu na primeira curva, perdendo a posição para João Hebert.
Fabricio Matheussi não tomava conhecimento dos adversários, abrindo cerca de 1s por volta, enquanto Emerson Czerkawsky era outro que vinha muito forte já ocupando a 4.ª posição.
Outro destaque da prova era Elisio Netto (MS-2 Motorsports) que após largar em 20.º, vinha escalando o grid e com 25 minutos de corrida ja era o 7.º colocado.
Emerson Czerkawsky colocava forte pressão em Ricardo Prediger, até que o piloto da Team Schnell deu uma pequena vacilada e Emerson não perdoou, assumindo a 3.ª posição numa bela ultrapassagem.
Chegando na metade da corrida começaram as paradas para reabastecimento e troca de pneus. Alexandre Oliveira acabou passando de seu box e com pouco combustível se viu obrigado a abandonar.
Após as paradas, Fabricio Matheussi seguia firme na liderança, e de alterações tivemos Ricardo Prediger recuperando a terceira posição e Elisio Netto que já era o 5.º colocado.
A segunda metade da prova foi pouco movimentada, com algumas disputas isoladas e sem mudanças de posições entre os primeiros.
Assim, com 35 voltas completadas, Fabricio Matheussi levou a V-Horse a vitória após apresentar um desempenho impressionante. João Hebert conquistou mais um 2.º lugar com Ricardo Prediger fechando o pódio em 3.º. Emerson Czerkawsky em uma bela atuação terminou em 4.º e Elisio Netto, um dos destaques da prova foi o 5.º, depois de ganhar 15 posições na corrida. Completando o top 10 tivemos Thallisson Santos, Lucas Miranda, Luciano Rocha, Andre Leite e Edgar Horst Jr.
Apesar do domínio de Matheussi, tivemos mais uma prova bem movimentada, mas com muito respeito entre os pilotos.


PROTESTOS E PUNIÇÕES:
M.Nunes > A.Sutti - [+30s N3] Acidente em volta de apresentação.
M.Nunes > G.Samaniego - [+10s N1] Ultrapassagem em volta de apresentação sem devolução de posição.
M.Nunes > E.Netto [+10s N1] Ultrapassagem em volta de apresentação sem devolução de posição.
M.de Andrade > R.Reis - Notificação de auto punição por incidente em pista
M.de Andrade > R.Reis - [DQ +N3] Uso de volta a mais cronometrada na qualificação. O piloto ficará sem qualificação na próxima etapa.

Punições para a etapa seguinte:
Elisio Netto - atingiu 6 pontos na carteira e terá de largar dos boxes. (em haver punição alternativa por Nordschleife ter largada diferente.)
Rogerio Reis - Sem qualificação.

CARTEIRA DE PONTOS PUNITIVOS:



CAMPEONATO DE PILOTOS:

João Hebert com a segunda posição na corrida, assumiu a liderança do campeonato com 40 pontos, Emerson Czerkawsky vem logo atrás com 39 pontos, enquanto Thallisson Santos aparece com o terceiro lugar com 26 tentos anotados.


CAMPEONATO DE EQUIPES:

A M Tech Academy coloca sua Mercedes AMG, na ponta com 40 pontos, a HVM Racing Team vem na vice liderança com 39 e a V-Horse Racing Team aparece em terceiro mesmo com uma etapa a menos, com 25 pontos marcados.


PRÓXIMA ETAPA:

Agora a categoria vai para o maior desafio de todos da temporada, com a corrida em Nordschleife, reservando ao Inferno Verde uma corrida dificil e com certeza o desafio que pode mudar muita coisa no campeonato.


VT DA ETAPA