MENU

Drop Down MenusCSS Drop Down MenuPure CSS Dropdown Menu

Ricardo Prediger vira o jogo em Interlagos e é campeão da Copa Truck.

 


Pela grande final da Copa Truck da VORC Series, o duelo pelo titulo colocava cinco pilotos com chances matemáticas, mas com a falta de Bruno Miranda apenas quatro continuaram na briga, com Elisio Netto dominando as primeiras baterias, a tendência era do alagoano ser favorito com João Hebert, Ricardo Prediger e Alexandre Oliveira tendo de remar mais, porém Ricardo Prediger o “Mr Interlagos” não estava disposto a perder sem lutar...

QUALIFICAÇÃO.
Elisio Netto (Cisco Air Racing) cravou a terceira pole na temporada com o tempo de 1:57,912, contra 1:58,335 de João Hebert da M Tech Sports.
Ricardo Prediger (Team Schnell) veio logo atrás com Alexandre Oliveira da HVM Racing Team, tendo os quatro postulantes ao titulo, vindo nas primeiras posições.
João Pedro, Marcio Rocha, Francisco Costa, Paulo Rodrigues, Rafael Rodrigues e Helio Vamberto completaram o top 10 do qualy, entre os 20 caminhões do grid.


BATERIA 1.
Com uma largada marcada por alguns incidentes, Elisio Netto ia disparando na frente, enquanto Prediger pulava para o segundo lugar com João Hebert e Alexandre Oliveira em seu encalço. Com Prediger conseguindo fugir ao longo do tempo.
Elisio Netto liderava com folga, mas na volta 6 problemas de equipamento fez o piloto sair da pista e abandonar a prova.
Com isso Ricardo Prediger assumiu a ponta e levou até o final onde venceu e abriu 19 pontos de vantagem para o tríplice empate na segunda posição, entre os outros 3 postulantes ao titulo.
Alexandre Oliveira passou em segundo e João Hebert havia sido o terceiro, mas sendo desclassificado no pós corrida, por não envio de Log sobrando para o argentino Tonga Guardia da Branca Sport Team a terceira posição.


BATERIA 2.
A segunda bateria começou a mil com Rafael Rodrigues (PDS Racing) e Fernando Esquitino (Branca Sport Team) formando a primeira fila.
Na largada bastante confusão para os pilotos acharem seu espaço, mas quem não quis saber de brincadeira foi Ricardo Prediger que pulou para a ponta da prova de forma absurda!!! E deixou a briga para os demais.
Ao longo da prova mais incidentes foram acontecendo, como o acidente de Esquitino e Jonatan Brochier da Chrome Racing que tirou o argentino da briga.
Elisio Netto vinha em corrida de recuperação saindo de 18º, já vinha chegando no pelotão da frente, e tentava de forma desesperada chegar em Prediger, para tentar alguma coisa, já que ainda dependia de um azar de Prediger.
Vindo muito rápido, o piloto viu seu sonho ruir ao queimar o radar e voltar para trás do grid.
Jonatan Brochier vinha em grande corrida, e a briga pelo terceiro ainda tinha João Pedro (Cisco Air Racing 2) em grande corrida escalando o pelotão.
Alexandre Oliveira, Rafael Rodrigues e Tonga Guardia brigavam pelo quarto lugar até que Tonga Guardia conseguiu uma bela manobra pulando ao quarto posto.
Após 11 voltas e 19.8 segundo de vantagem Prediger coroou a virada de jogo com uma segunda vitória na noite, enquanto Jonatan Brochier depois de mais de 1 ano, conquistou novamente um pódio na VORC Series.
João Pedro havia completado em terceiro, mas um não envio de log obrigatória gerou a desclassificação, com isso Tonga Guardia conquistou o segundo pódio da noite encima de DQ de rivais.


Com um show a parte a final da temporada foi um chamariz e tanto para a próxima temporada, com os pilotos agora mirando suas atenções ao DTM na T5

PROTESTOS E PUNIÇÕES.
Bateria 1.
H.Vamberto > A.Sutti – Indeferido “volta e tempo” não disposto no protesto
Direção > J.Hebert – DQ – Não envio de LOG.

Bateria 2.
H.Vamberto > J.Hebert – Indeferido “volta e tempo não disposto no protesto
Direção > J.Pedro – DQ – Não envio de LOG.


PONTUAÇÃO PILOTOS.
Ricardo Prediger consegue virar o jogo e com duas vitória faz 144 pontos, contra 117 de Alexandre Oliveira, e Elisio Netto fechando em terceiro com 108 pontos.


PONTUAÇÃO EQUIPES.
A Team Schnell conquistou o titulo de equipes, com HVM Racing Team e Cisco Air Racing vindo na sequencia do campeonato.


PONTUAÇÃO MARCAS.
A Mercedes-Benz sai com o titulo da temporada com 157 pontos, a Scania se tornou vice líder fazendo 147, enquanto a VolksWagen sai como terceira colocada ao fazer 132 pontos.


PRÓXIMA TEMPORADA.
Agora a categoria dará uma pausa, com a DTM Series entrando em seu lugar e correndo em pistas pela Europa.

VT DA ETAPA.