MENU

Drop Down MenusCSS Drop Down MenuPure CSS Dropdown Menu

Ao Flamenco!!!, Clio Cup em Jerez pra lá de emocionante.


A Cisco Air Clio Cup Espanhã chega a grande final com Ernesto Brock e Danilo Sousa brigando pelo título, com Danilo tendo de tirar uma grande diferença de pontos.

Com corridas para lá de emocionantes a ponto de a segunda bateria contar com 5 pilotos brigando de forma limpa e leal pela vitória da etapa.

QUALIFICAÇÃO.
A pole ficou com Gilson Rodrigues da BSP Racing que fez o tempo de 2:00.144, com Danilo Sousa (The Racers Team) em segundo com o bom tempo de 2:00.359.
Ernesto Brock líder do campeonato com sua HVM Racing Team foi o terceiro com o peruano Alex Dance (Tacna Racing) fechando a segunda fila.
Jesus Neto, Alexandre Oliveira, Dani Gomes, Marcio Rocha, Marco Parma e João Gabriel fecharam o top 10 dos 22 carros da etapa.


BATERIA 1:
Na largada Gilson Rodrigues seguiu na ponta, com Brock e Danilo oscilando ultrapassagens no começo da prova.
Na parte de trás do Grid, pilotos disputavam de forma que as posições mudavam o tempo todo, entre eles, Emerson Czerkawski (HVM Racing Team), Fernando Esquitino (Branca Sport Team) e Marcio Rocha que se recuperava depois de problemas na largada.
Na quinta volta Danilo Sousa se aproveita de erro de Gilson Rodrigues e assume a ponta com o piloto da BSP caindo ao 6º lugar da prova.
Na 8ª volta Brock ainda tentou a recuperação, mas acabou perdendo logo em seguida, enquanto na 10ª posição a briga seguia forte.
Ao final de 11 voltas, Danilo Sousa venceu a bateria e manteve viva as chances de título, com Brock logo atrás e o peruano Alex Dance em grande fase fechando em terceiro lugar.
Gilson Rodrigues, Alexandre Oliveira, Emerson Czerkawski, Tonga Guardia, João Gabriel, Dani Gomes e Marcio Rocha fecharam o top 10 dos 22 carros.


BATERIA 2:
Com primeira fila de Marcio Rocha e Dani Gomes a segunda bateria começou forte, Dani Gomes pulou para a ponta logo na largada, com Marcio caindo várias posições, o que se viu a partir dali foi um duelo épico.
Dani Gomes se defendia dos ataques de Tonga Guardia, e Gilson Rodrigues, enquanto Brock via o Danilo Sousa tendo punições a pagar e deixando a briga pelo título!!!.
Com um show de defesa Dani Gomes, o piloto da Chrome Racing venceu a segunda bateria com 10 voltas, seguido de Gilson Rodrigues que fechou o campeonato com chave de ouro com o pódio, Tonga Guardia fechou o pódio com a Branca Sport Team.
Alexandre Oliveira, Ernesto Brock, Emerson Czerkawski, Jonatan Brochier, Fernando Esquitino, Alex Dance e Marco de Andrade completaram o top 10.


PROTESTOS E PUNIÇÕES.
Não houve protestos.

CARTEIRA PUNITIVA:
Marcio Rocha > 3 pontos
Alex Dance > 3 pontos

COMO FICOU?
Ernesto Brock colocou o bicampeonato no bolso com 158 pontos conquistados, enquanto Danilo Sousa fechou com o vice, com 35 pontos a menos.
Alexandre Oliveira (CTE Racing HVM) em terceiro com 94 pontos.
Gilson Rodrigues, Dani Gomes, Tonga Guardia, Emerson Czerkawski, Jesus Neto, Alex Dance e Fernando Esquitino completaram o top 10 do campeonato.


No campeonato de equipes a HVM Racing Team saiu com o titulo com 227 pontos conquistados, contra 153 da BSP Racing, a The Racers Team foi a terceira colocada com 123 pontos.
Chrome Racing e Branca Sport Team completaram o top 5 do campeonato.


PROXIMA TEMPORADA:
Agora a categoria dará lugar a HV Studio Design Puma Cup, um campeonato com os simpáticos Puma carros nativos da Reiza, contando com um calendário Nacional e em duas baterias distintas com 40 e 15 minutos cada.

VT DA ETAPA.