MENU

Drop Down MenusCSS Drop Down MenuPure CSS Dropdown Menu

Porsche Super Challenge supera o desafio de Spa mesmo com corrida movimentada.

 


A segunda etapa da Porsche Super Challenge foi de longe um dos grandes desafios da temporada, com 29 carros de 31 inscritos a prova contou com bastante amarelas perto do que é o traçado, mas de longe foi uma corrida bem movimentada graças as estratégias durante as amarelas. Elisio Netto, Bruno Strauss e Luan Hott saíram ao final como vencedores da etapa belga.

QUALIFICAÇÃO.
A pole na GT2 ficou com Elisio Netto da Cisco Air Racing, seguido de Elvis Reis (Scuderia Hydra)
Na GT3 Bruno Strauss da Scuderia Hydra 3 foi o pole, seguido do companheiro da equipe 2 Felipe Reus.
O estreante Guilherme Moresco com a Duble Car Racing Team foi o pole com o líder do campeonato John Martins da #268 Racing





CORRIDA.
Na GT2 Elisio Netto seguiu na ponta durante a prova, tendo Elvis Reis logo depois da largada errando e caindo no grid, Ernesto Brock (HVM Racing Team) e Vinicius Gonçalves da BMRS E-Sports seguiam a briga que tiveram em Road América, mas desta vez em Spa, Paulo Rodrigues (Time XtraBe) também se colocou entre os top 3 da corrida em algum momento.
Com as amarelas as estratégias iam mudando e com o acidente de Elvis Reis que vinha se recuperando do acidente inicial.
Ao final de 32 voltas, Elisio Netto conquistou a sua segunda vitória no campeonato, seguido de João Hebert que deu um belo pulo na estratégia com sua M Tech Sports.
Ernesto Brock terminou em terceiro, ao todo 7 carros da classe terminaram a prova.


Na GT3 a corrida foi tranquila no começo, com as trocas de posições começando a partir da 12ª volta, Bruno Strauss, Alexandre Oliveira (CTE Racing HVM), Edgar Horst Jr (M Tech Academy) e Felipe Reus lideraram a prova em algum momento, na 21ª volta foi Mauricio Luiz da 4Brothers que deu o ar da graça na liderança por 9 voltas mostrando que mais da metade do grid liderou a prova em algum momento. Na última amarela, as coisas mudaram e com isso muitas posições se alternaram.
Bruno Strauss se recupera do abandono e vence a etapa belga, Edgar Horst Jr fecha no pódio com João Gabriel da CTE Racing HVM, fazendo uma corrida tímida, mas de recuperação fecha o pódio em terceiro.


E por último na GT4, a corrida começou com uma baita problema, Guilherme Moresco não largou no ponto determinado, causando uma indecisão no grid que gerou acidentes e toques entre os pilotos, pior para Thallisson Santos da Herdez Competition que acabou rodando e ficando para trás na corrida.
Com isso John Martins se colocou como líder da prova, e foi assim até a volta 19. Quando Guilherme Moresco assumiu a ponta por uma volta e Michel Oliveira da #268 Racing na sequencia também liderando,
Da volta 20 em diante a troca de posições foi muito intensa e os pilotos foram subindo ou descendo a classificação.
Ao final de 31 voltas quem levou a melhor foi Luan Hott da Scuderia Hydra 4, Michel Oliveira havia cruzado em segundo lugar, mas com punições por cortar as linhas de boxes nas saidas o jogou para o quarto lugar, com isso Thallisson Santos passou em segundo lugar e John Martins herdou o terceiro lugar na prova belga.


PROTESTOS E PUNIÇÕES.
E.Czerkawski > J.de Paula (volta 12) +30s N3 – Batida durante bandeira amarela.
Direção > J.de Paula +10s N1 – Não respeitou procedimento de largada.
Direção > A.Dance +10s N1 – Não respeitou procedimento de largada.
Direção > G.Moresco +10s N1 – Não respeitou procedimento de largada.
Direção > J.Martins +10s N1 – Não respeitou procedimento de largada.

Punições por corte na saída de boxes.
M.Oliveira – 3x + 30s N3.
M.Rocha – 2x +20s N2.
J.de Paula – 3x +30s N3
V.de Oliveira – 1x +10s N1
Achylles Jr – 1x +10s N1
A.Dance – 2x +20s N2
J.Pedro – 1x +10s N1
P.Rodrigues – 1x +10s N1
E.Reis – 1x +10s N1

Pilotos que tem de pagar punição no próximo grid por não terem sido punidos em prova por causa dos abandonos.
Carro #47 Julio de Paula / Luiz Henrique – Largará dos boxes.
Vinicius de Oliveira +5 posições.
João Pedro +5 posições.
Elvis Reis +5 posições.
Guilherme Moresco +5 posições.
Marcio Rocha, sem qualificação (acumulou 5 pts na carteira)

Pontuação carteira punitiva.
Julio de Paula +7 pts
Marcio Rocha +5 pts
Alex Dance +3 pts
Edgar Horst Jr +3 pts
Michel Oliveira +3 pts
Paulo Rodrigues +3 pts
Marco de Andrade +2 pts
Achylles Jr +1 pt
Elisio Netto +1pt
Elvis Reis +1 pt
João Pedro +1 pt
Vinicius de Oliveira +1 pt

COMO FICOU?
GT2.
Elisio Netto dispara na liderança com 20 pontos, enquanto Vinicius Gonçalves vem fazendo um bom campeonato com 13 pontos conquistados e Ernesto Brock em terceiro com 12 pontos.

Nas equipes a Cisco Air Racing segue líder com 25, contra 14 da HVM Racing Team, e a BMRS E-Sports vem com 13 conquistados até aqui.



GT3.
Alexandre Oliveira segue líder do campeonato, mas empatado com Felipe Reus ambos com 13 pontos, João Gabriel vem logo atrás com 12, Edgar Horst Jr com 11 e Bruno Strauss com 10 deixam o campeonato com o top 5 separados por míseros 3 pontos.

A CTE Racing HVM é a líder do campeonato com 25 pontos, e a Scuderia Hydra 2 aparece com 18 e 11 da M Tech Academy.

GT4.
Luan Hott assumiu a liderança do campeonato com 18 pontos, John Martins caiu para o segundo agora com 16 pontos, e Thallisson Santos aparece em terceiro com 12 pontos conquistados.

Nas equipes a Scuderia Hydra 4 é a líder com 27 pontos, mas está empatada com a #268 Racing! A Herdez Competition é a terceira colocada com 12 tentos marcados.


PROXIMA ETAPA:
Agora a categoria vai a Turquia para a terceira etapa, no traçado de Istambul, palco de grandes corrida e um traçado muito bom para disputas.

VT DA ETAPA.