MENU

Drop Down MenusCSS Drop Down MenuPure CSS Dropdown Menu

Ring Knurstorp mantem briga em aberto, mas Neto segue tranquilo na liderança.

A quarta etapa da Volvo Scandinavian Cup chegou a sua casa, para a Suécia onde a pista foi o acanhado circuito de Ring Knurstorp, marcado como sinuoso e bastante trabalhoso, ao longo de duas baterias, dois vencedores diferentes e muita confusão em algumas disputas.


QUALIFICAÇÃO.
Jesus Neto (BSP Racing) fez a pole com 1:00.194, seguido por Alexandre Oliveira da CTE Racing HVM, que fez 1:00.253.
Ernesto Brock (HVM Racing Team) e Henrique Oliveira (Hoperários Bravo Racing) formaram a segunda fila, sendo Henrique o pole na categoria AM.
Dani Gomes, Marco Parma, Marcelo Vieira, Emerson Czerkawski, Paulo Rodrigues e Thiago de Battisti completaram o top 10 dos 13 carros da primeira bateria.


CORRIDA 1.
A primeira bateria foi vencida por Jesus Neto, que se aproveitou do bom ritmo da pole, e disparou na frente onde abriu 10s de vantagem para Alexandre Oliveira que foi o segundo colocado.
A briga pelo terceiro lugar no geral ficou entre Dani Gomes (Chrome Racing) e Marco Parma (Parma Motorsports), onde nas voltas finais o mesmo assumiu o terceiro lugar.
No final uma punição de 10s a Marco Parma, fez Dani Gomes ir aos terceiro lugar no geral.
Na Categoria AM, o vencedor acabou sendo Thiago de Battisti (Chrome Racing) vencendo sua segunda corrida na classe, Marco Parma foi o segundo e Henrique Oliveira o terceiro.


CORRIDA 2.
A segunda bateria foi bem complicada, com acidentes desde a largada, contando com vários pilotos caindo pro fundo do grid, entre eles Jesus Neto que vinha enfrentando dificuldades.
A vitória ficou com Ernesto Brock depois de uma primeira bateria bem problemática, seguido de Henrique Oliveira sendo o segundo na Geral, e vencedor da AM, ficando a 4.4s do vencedor.
Alexandre Oliveira foi o terceiro colocado ao final da corrida da prova.
Com a vitória de Henrique Oliveira na AM, Murilo Parra (Ruy Racing) foi o segundo colocado conquistando um pódio na classe, seguido de Marco Parma que mais uma vez punido, foi o terceiro colocado após perder o segundo.


PROTESTOS E PUNIÇÕES.
Bateria 1.
P - E.Czerkawski > M.Parma [05:36] +10s, N1 – Ultrapassagem irregular.

Bateria 2.
P - J.Neto > M.Parma [19:10] Indeferido – corte proposital.
P - J.Neto > M.Parma [20:15] indeferido – corte proposital.
P – J.Neto > M.Parma [21:10] indeferido – defesa de posição.
P – J.Neto > M.Parma [21:30] +10s, N1 – Ultrapassagem irregular.
P – J.Neto > M.Parma [05:10] Indeferido – defesa de posição.

CARTEIRA PUNITIVA.
Gabriel Pecly > 3 pts
Gustavo Alves > 3 pts
Marco Parma > 3 pts
Emerson Czerkawski > 2 pts

PONTUAÇÃO.
Campeonato de pilotos.
Jesus Neto avança um passo a mais para o título, indo a 166 pontos, contra 128 de Ernesto Brock, são 38 pontos de vantagem.
Henrique Oliveira além de líder da AM, é o terceiro no geral com 101 pontos.


Campeonato de equipes.
A HVM Racing Team segue líder com 215 pontos, 27 a mais que a Hoperários Bravo Racing que vem com 188 pontos, e a BSP Racing no terceiro posto com 180 pontos.


Na AM
Henrique Oliveira é o líder com 160 pontos, Thiago de Battisti é o vice líder com 132 pontos até aqui e Marco Parma é o terceiro com 130 pontos conquistados.


PRÓXIMA ETAPA.
Agora a categoria vai a Anderstorp no traçado de versão Sul, que tem 2 quilômetros de extensão.


VT DA ETAPA.