MENU

Drop Down MenusCSS Drop Down MenuPure CSS Dropdown Menu

Londrina deixa Copa Uno pegando fogo por titulo.

A segunda etapa da Copa Uno HV Studio Design chegou ao Paraná para a segunda etapa, com direito a várias disputas e bons pegas, a primeira bateria sendo muito movimentada e com vencedor novo na liga o piloto Rodrigo Volek, enquanto a segunda contou com vitória acachapante de Fabricio Matheussi.


QUALIFICAÇÃO.
Rodrigo Volek (Kemba Racing) foi o pole geral e da AM com o tempo de 1:37.410, seguido pelo seu concorrente de AM Eliseu Filho (EFF Race Team) estreando na liga vindo em segundo com 1:37.700.
O português Paulo Rodrigues da Time XtraBe abriu a segunda fila com Ernesto Brock da HVM Racing Team fechando a segunda fila.
João Pedro, Michel Oliveira, Matheus Gomes, Cyro Santana, Dani Gomes e Vinicius Ritter completaram o top 10 dos 21 carros presentes na etapa.


CORRIDA 1.
A primeira bateria contou com uma surpresa logo de cara, com a volta de apresentação não acontecendo por um problema no simulador que deixou os pilotos indecisos mas que deu certo no final, com Paulo Rodrigues assumindo a ponta logo de cara, mas com Rodrigo Volek tomando a ponta logo na sequência.
A briga pelo pódio vinha interessante com Ernesto Brock e João Pedro (Force One Racing Team) chegando na briga.
Ao final de 17 voltas em quase 28 minutos de corrida, Rodrigo Volek vence sua primeira corrida no geral na categoria com João Pedro em segundo formando uma dobradinha de pilotos da classe AM, com Ernesto Brock fechando o pódio.
Michel Oliveira, Paulo Rodrigues, Emerson Czerkawski, Fabricio Matheussi, Dani Gomes, Alexandre Oliveira e Martin Benavides completaram o top 10.


CORRIDA 2.
A segunda bateria com maior duração começou Martin Rossi (Rossi Competicione) e  Alexandre Oliveira (CTE Racing HVM) largando da primeira fila com a inversão do grid.
Martin Rossi não durou muito na ponta e foi vendo um pelotão formando atrás do argentino, Alexandre Oliveira que estava correndo mesmo enfermo, mas um erro sozinho o jogou lá para trás.
Enquanto as brigas vinham atrás de Martin Rossi, Emerson Czerkawski (HVM Racing Team) assumia a ponta da prova.
Matheussi (4EverBr) que vinha em recuperação era o mais rápido e logo chegou em Emerson Czerkawski onde após um corte de pista tomou um Drive Thru, com isso Matheussi assumiu a ponta de onde não saiu mais.
Emerson Czerkawski ainda voltou próximo aos lideres mas ainda um segundo Drive Thru o jogou em quinto lugar, tamanho era o bom ritimo.
Enquanto isso Matheussi liderava abrindo larga vantagem para Ernesto Brock, enquanto no final Rodrigo Volek tentava se defender dos ataques de Emerson Czerkawski.
Ao final de 32 voltas, Fabricio Matheussi venceu em 52 minutos e 13 segundos, seguido de Ernesto Brock em segundo, Rodrigo Volek havia cruzado em terceiro, mas com uma punição no pós corrida cai para 4
º, mas vence sua segunda corrida na classe AM pulando a liderança. Ao todo 14 dos 21 carros completaram a segunda bateria.


PROTESTOS E PUNIÇÕES.
Bateria 1.
P – C.Santana > R.Volek [01:08] Indeferido (Não tem como culpar um piloto por um bug do SIMULADOR que nunca aconteceu até então...)
P – F.Matheussi > V.Ritter [06:55] Defesa Perigosa - +10s, N1
P – V.Ritter > M.Rossi [01:58] Acidente - +20s, N2
P – V.Ritter > F.Matheussi [06:51] Ultrapassagem irregular - +10s, N1
P – V.Ritter > T.de Battisti [18:56] Ultrapassagem irregular - +10s, N1

Bateria 2.
P – T.de Battisti > M.Rossi [14:28] Retorno Perigoso causando acidente - +30s, N3
P – M.de Oliveira > M.Rossi [14:45] Acidente - +20s, N2
P – C.Santana > R.Volek [21:27] Ultrapassagem irregular - +10s, N1

CARTEIRA PUNITIVA
Martin Rossi > 7 pts
João Pedro > 2 pts
Rodrigo Volek > 3 pts
Gabriel Pecly > 1,5 pts
Gustavo Alves > 1,5 pts
Marco Parma > 1,5 pts
Emerson Czerkawski > 1,5 pts
Vinicius Ritter > 1 pt
Fabricio Matheussi > 1 pt
Thiago de Battisti > 1 pt

O Piloto Martin Rossi atingiu 7 pontos e largará dos boxes na próxima etapa.

CAMPEONATO PILOTOS GERAL.
Ernesto Brock assumiu a ponta do campeonato com 56 pontos, enquanto Fabricio Matheussi e Rodrigo Volek vem empatados com 55 pontos, mostrando uma baita igualdade entre os pilotos.


CAMPEONATO EQUIPES GERAL.
A HVM Racing Team é a líder do campeonato com 86 pontos, seguido de perto pela 4EverBr que vem apenas 15 pontos atrás.
A Kemba Racing é a terceira colocada com 55 pontos.


CAMPEONATO PILOTOS YOYOGUI AM CUP.
Rodrigo Volek, segue 100% com 4 vitórias na classe, com Cyro Santana e Vinicius Ritter logo atrás empatados com 44 pontos.


PROXIMA ETAPA.
Agora a categoria vai ao Ceará para a terceira etapa no Autódromo de Virgílio Távora, pista pouco conhecida dos pilotos, mas que pelo traçado vai indicar uma boa prova.

VT DA ETAPA.