MENU

Drop Down MenusCSS Drop Down MenuPure CSS Dropdown Menu

Cadu Maciel e Felipe Muniz dão show em Homestead, e Felipe após erro dá sorte e leva a corrida.


Depois de problemas na primeira tentativa, finalmente a VORC Series conseguiu estrear seu mais novo campeonato, NASCAR Series, na pista de Homestead, Miami. Sendo realizado em quatro etapas com 1 hora de duração cada, contou com 19 pilotos na pista para esse primeiro desafio.

QUALIFICAÇÃO:
John Martins, da #268 Racing conquistou a pole, tendo Felipe Muniz largando a seu lado e na sequência, Marcelo Vieira, Cadu Maciel, Tonga Guardia, Luiz Gustavo, Paulo Rodrigues, Luciano Rocha, João Hebert e Felipe Granado fechando os 10 primeiros.


CORRIDA:
Ao agitar da bandeira verde, Cadu Maciel (BSP Racing) fez uma ótima largada e pulou para a ponta, com Felipe Muniz em segundo e Luiz Gustavo (BSP Racing), que também largou muito bem, em terceiro.
A corrida seguia sem incidentes, com Cadu Maciel isolado na liderança enquanto Feliz Muniz. Tonga Guardia, Luis Gustavo, Marcelo Vieira e John Martins trocavam frequentemente de posições.
Na primeira rodada de pit stops, Felipe Muniz conseguiu retornar a frente de Cadu Maciel, assumindo a ponta. Luis Gustavo seguia em terceiro e Ernesto Brock (HVM Racing Team) também fez um ótimo pit stop e voltou na quarta posição.
Diego dos Santos (Guarás do Asfalto) vinha andando bem, mas durante seu pit stop excedeu o limite de velocidade dos boxes e como não pagou a punição, acabou sendo desclassificado da prova.
Faltando 20 minutos para o final, Cadu Maciel ultrapassou Felipe Muniz, reassumindo a ponta da prova. A corrida surpreendentemente seguia sem bandeiras amarelas, e Alcides Ino (M Tech Sports) recolheu aos boxes e registrou o segundo abandono da prova.
Após a última rodada de pit stops, Felipe Muniz seguia na liderança, mas teoricamente não teria combustível para chegar até o final. Cadu Maciel que vinha em segundo e parou algumas voltas depois estavam numa posição mais confortável.
Faltando 8 minutos para o final, João Hebert (M Tech Sports) viu seu motor estourar, causando assim a primeira e única bandeira amarela da prova, para alívio de todos os pilotos que tinham problemas de combustível.
Ainda durante a bandeira amarela, o então líder Felipe Muniz perdeu a posição para Cadu Maciel ao simular uma falsa entrada nos boxes.
Quase ao zerar do cronometro tivemos a relargada com Felipe Muniz colocando forte pressão em Cadu Maciel, inclusive com os dois chegando a se tocar na última curva.
Assim, depois de 101 voltas completadas, Cadu Maciel recebeu a bandeirada em primeiro, mas por conta de uma punição por ter cortado a linha de saída dos boxes, caiu para a terceira posição. Com isso, Felipe Muniz foi o grande vencedor com Luis Gustavo subindo para o segundo posto. John Martins finalizou em quarto e na sequência terminaram Ernesto Brock, Luciano Rocha, Marcelo Vieira, Emerson Czerkawsky, Felipe Granado e Emanuel Granja fechando os 10 primeiros dos 15 pilotos que completaram a prova.


PROTESTOS E PUNIÇÕES:
J.Martins > C.Maciel - [+10s, N1] Protestos contra corte de linha de saida de box.

Verificação de saida de corte de box:
P.Rodrigues: [+20s, N1+N1] voltas 26 e 50
J.Hebert: [+10s, N1] volta 31 (piloto perde 5 posições no próximo grid.

Verificação de velocidade de relargada:
J.Martins: [+10s, N1] 102 km/h
E.Brock: [+10s, N1] 101 km/h
L.Rocha: 
[+10s, N1] 104 km/h
M.Vieira: 
[+10s, N1] 111 km/h
P.Rodrigues: 
[+10s, N1] 104 km/h

PONTUAÇÃO PILOTOS:
Felipe Muniz é o líder do campeonato com 15 pontos, seguido de Luis Gustavo com 12 e Cadu Maciel com 10.


PONTUAÇÃO EQUIPES:
Felipe Muniz que corre por um equipe independente é o líder entre os construtores com 15 pontos, seguido pela BSP Racing com 12 e #268 Racing com 8.


PRÓXIMA ETAPA
Agora a categoria virará para a direita e com isso chegará ao misto de Watkins Glen, circuito que exigirá bastante dos pilotos em visto de um traçado rápido, mas com um carro bem difícil de se segurar.