MENU

Drop Down MenusCSS Drop Down MenuPure CSS Dropdown Menu

Pesos pesados chegam a VORC Series com corridas espetaculares!!!



A Copa Truck sempre foi uma das categorias pedidas pelos pilotos e aportou na liga nesta T4, com um grid de 26 caminhões, a etapa de Goiânia em seu circuto curto foi um chamariz para uma grande etapa.

QUALIFICAÇÃO:
Elisio Netto (Cisco Air Racing) mostrou grande força nos treinos, ao fazer a pole com o tempo de 55.686, seguido de Bruno Miranda da BMRS que ficou logo atrás com 55.863.
Alisson Bullet (Simel Racing) e Ricardo Prediger com a Schnell formaram a segunda fila.
João Hebert, Jonatan Brochier, Martin Rossi, Alexandre Oliveira, Marco Parma e Emerson Czerkawsky formaram o TOP 10 dos 25 brutos na pista.


BATERIA 1:
A bateria foi dominada por Elisio Netto que liderou as 23 voltas da bateria, com uma vantagem boa para Alisson Bullet que duelou no final com Ricardo Prediger e Alexandre Oliveira (HVM Racing Team) que travaram uma briga intensa na parte final. Mas tudo se foi por água abaixo com a desclassificação de Alisson Bullet em virtude da desclassificação pelo não envio do LOG.
Com isso Ricardo Prediger foi o segundo com Alexandre Oliveira em terceiro.
Bruno Miranda em corrida de recuperação após rodada foi o quarto, com o argentino Tonga Guardia da Branca Sport Team fechando um ótimo quinto lugar.
Completaram o TOP 10: Dani Gomes, João Hebert, Diego Pilla, Martin Rossi e Fernando Esquitino.


BATERIA 2:
Com o argentino Martin Rossi (Scuderia Rossi) largando na primeira posição com a inversão de grid, junto com Diego Pilla da CR Motorsport formando a primeira fila.
João Hebert da MTech Sports que saiu em terceiro logo de cara pula a frente e domina toda a prova com 23 voltas na liderança!
Martin Rossi conquista o segundo lugar com o seu Volvo.
Alexandre Oliveira fechou em terceiro lugar novamente, desta vez chegando a frente de Ricardo Prediger que ficou com o quarto lugar. Emerson Czerkawsky da (CTE Racing HVM) saindo de 16º, fechou em quinto.
Completaram o TOP 10: Tonga Guardia, Fernando Esquitino, Elisio Netto, Marco Parma e Dani Gomes.



PROTESTOS E PUNIÇÕES:
BATERIA 1:
J.Brochier > M.Parma - +30s N3 – Contato causando acidente e envolvendo terceiros.
R.Rodrigues > E.Granja - +20s N2 – Contato causando acidente.
R.Rodrigues > M.Rocha - +30s N3 – Retorno Perigoso.
R.Rodrigues > J.Brochier - +30s N3 – Contato causando acidente e envolvendo terceiros, porém reduzida em 50% em virtude do Auto Drive Thru pago por #44.

BATERIA 2:
H.Vamberto > R.Rodrigues - +20s N2 – Contato causando acidente.
H.Vamberto > R.Rodrigues - +20s N2 – Contato causnado incidente em ultrapassagem.
H.Vamberto > M.Parma – (Reversão) +30s N3 – Contato causando acidente, o reclamante foi considerado culpado após análise.
R.Rodrigues > H.Vamberto - +30s N3 – Envolvido em acidente pelo piloto do #80.

PUNIÇÕES PROXIMA ETAPA:
Helio Vamberto – Largará dos boxes na Bateria 1.


PONTUAÇÃO PILOTOS:
O campeonato começa super disputado com João Hebert e Ricardo Prediger empatados na liderança com 34 pontos, porém com Hebert tendo uma vitória no desempate.
Elisio Netto vem com 33 pontos em terceiro, com Alexandre Oliveira vindo logo atrás com 32 pontos.
Martin Rossi fecha o TOP 5 do campeonato.


PONTUAÇÃO EQUIPES:
M Tech Sports e Team Schnell começam o campeonato empatados com 34 pontos, enquanto Cisco Air Racing já vem em terceiro lugar.
A HVM Racing Team fecha a primeira etapa em quarto, com a Scuderia Rossi em quinto lugar na classificação.


PRÓXIMA ETAPA:
Agora a categoria vai a Argentina para a segunda etapa, no circuito de Buenos Aires em seu traçado 8. Com uma pista rápida, mas com prontos travados e etapa aparenta que vai dar muito trabalho aos pilotos para encontrar o melhor acerto.


VT DA ETAPA: