MENU

Drop Down MenusCSS Drop Down MenuPure CSS Dropdown Menu

Givaldo Spindola e Danilo Sousa vencem em La Chutana!

A Terceira etapa da Super Clio Sudamericana, foi ao Peru em um traçado curto, com área de escapes de areia, a corrida foi muito pegada, já que as retas e trecho de curvas acabava trazendo as disputas intensas e muitos incidentes entre os pilotos.

Mas a etapa foi decisiva para levar os pilotos para a grande final em Curitiba, deixando a briga em aberto

QUALIFICAÇÃO:
Danilo Sousa da The Racers Team foi o pole position com 55.729, seguido de perto por Givaldo Spindola (Husky Racing Team) com tempo de 55.780.
Apertado ainda Marcelo Vieira da Parma Motorsports com o tempo de 55.794, e Dani Gomes (Chrome Racing) com 55.858 fechou a segunda fila.
Alexandre Emanuel, Bruno Mali, Ernesto Brock, Felipe Granado, Tonga Guardia e Alexandre Oliveira formaram o top 10 dos 21 carros na pista.


BATERIA 1:
Givaldo Spindola bem que tentou, mas Danilo Sousa foi o vencedor da bateria 1, depois de perder a ponta, o piloto conseguiu se recuperar a ponta na volta 7.
A partir daí se travou uma luta entre Dani Gomes que briga pelo título, com Givaldo Spindola, que tentava se manter vivo na briga pelo título do campeonato.
Ao final de 22 voltas Danilo Sousa vence a primeira bateria, com Dani Gomes cruzando a linha de chegada em segundo lugar, Givaldo Spindola completando o pódio em terceiro lugar.
Alexandre Oliveira, Tonga Guardia, Bruno Mali, Ernesto Brock, Felipe Granado, Alexandre Emanuel e Helio Vamberto completaram o top 10 da primeira bateria entre os 17 que completaram a etapa até o final.


BATERIA 2:
Com Helio Vamberto (Equipe Piratas) e Alexandre Emanuel (Parma Motorsports) saíram na primeira fila com a inversão do grid.
Logo no começo Helio Vamberto se viu cair na corrida após um incidente, com isso Felipe Granado (CTE Racing HVM) passou a liderar a prova, seguido de perto por Givaldo Spindola. Ernesto Brock vinha seguindo Alexandre Emanuel que na oitava volta acabou tendo problemas e abandonando a prova.
No meio do grid as trocas de posições eram intensas e ficava difícil acompanhar quem estava a frente a cada volta.
Ao final de mais 22 voltas, Givaldo Spindola vence a bateria final, mantendo-se vivo na briga pelo título.
Felipe Granado cravou um bom segundo lugar no evento, e Ernesto Brock conquista o terceiro lugar na prova.
Marcelo Vieira, Dani Gomes, Danilo Sousa, Emerson Czerkawski, Jonatan Brochier, Tonga Guardia e Alex Dance completaram o top 10 dos 20 pilotos que finalizaram a etapa.


PUNIÇÕES:
Não houve protestos.

COMO FICA?:
Dani Gomes sai da etapa como líder do campeonato com 104 pontos conquistado, com 13 pontos de vantagem para Tonga Guardia da Branca Sport Team que vem com 91, seguido de Ernesto Brock com 87 pontos.
Givaldo Spindola com 86 pontos, mantem chances remotas de título, mas pode brigar até pelo vice campeonato de forma forte.


Já no campeonato de equipes a HVM Racing Team vem na liderança do campeonato com 130 pontos conquistados, enquanto a Chrome Racing é a vice líder com 126 pontos.
CTE Racing HVM, Branca Sport Team e Husky Racing Team fecham o top 5 do campeonato de equipes.

AGENDA:
A grande final terá uma situação nova na VORC Series, a corrida acontecerá no traçado de Curitiba no Brasil, comtemplando as duas versões do traçado, a primeira no traçado GP, e a segunda no anel externo, que fará cada bateria ter a sua particularidade.


VT DA ETAPA: