MENU

Drop Down MenusCSS Drop Down MenuPure CSS Dropdown Menu

Freedom 100 tem final com confusão, mas deixando gostinho de quero mais.

A VORC Series realizou na sexta (14/05) a primeira edição da Freedom 100, evento de suporte para a Indy 500, contanto com 32 pilotos inscritos, ainda com ausências o grid contou com 28 carros.A corrida tendo 40 voltas, foi bastante emocionante, com os pilotos lidando com um carro que apesar da velocidade perante um Indycar, acabou por se mostrar bom de disputas.No final, a corrida contou com algumas amarelas, até no final onde justamente uma acabou por finalizar a prova sem a verde que poderia ser muito emocionante.

QUALIFICAÇÃO.
Felipe Granado (Herdez Competition) foi o pole pósiton com o tempo de 47.679, enquanto Alexandre Oliveira da CTE Racing HVM foi o segundo com 47.711.
Luiz Gustavo da BSP Racing e Ernesto Brock (Herdez Competition) formaram a segunda fila.
Alisson Borges, João Gabriel, Dani Gomes, Jesus Neto, Samuel Pontes, João Hebert completaram o top 10 da qualificação.



CORRIDA.
A primeira edição da Freedom 100 foi um evento a parte, a largada em formato de segurança deu ao inicio de prova uma tranquilidade, com abandonos por problemas envolvendo Bruno Mali (Equipe Piratas) e João Hebert (M Tech Sports) com problemas.
A primeira amarela veio na volta 7, após o acidente de Marcelo Nunes (Mystery Racing), ao mesmo tempo que André Sutti (Parma Motorsports 2) e Emerson Barina da CTE Racing HVM se tocaram causando uma rodada.
Felipe Granado seguia na ponta da prova, com Alexandre Oliveira em segundo e Brock na terceira posição.
Pouco depois uma nova amarela, com a rodada de Diego Vaccaro (Tacna Racing 2) que acabou levando Vitor Souza (Shadow Racing) mas com ambos voltando a pista apenas com o peruano ficando sem a asa dianteira.
A segunda amarela abriu a janela de pits com os pilotos indo para suas primeiras paradas. Inclusive com o líder Felipe Granado.
Com isso Luiz Gustavo, Jesus Neto e Samuel Pontes, todos da BSP Racing ficaram na pista em uma estratégia diferente.
Mal se deu uma volta e Tonga Guardia com a Branca Sport Team foi mais uma vítima do muro ao ser tocado por Francisco Costa (Cisco Air Racing).
A BSP seguia com seu trio trabalhando em vácuo na ponta, e a corrida já havia passado da metade e nada deles pararem, com Felipe Granado e Marcio Rocha (Cisco Air Racing) indo aos boxes para pagar punição.
Na volta 25 nova amarela com o acidente de Marco Parma (Parma Motorsports) e João Gabriel da HVM Racing que rodou e colheu o piloto da Parma.
Com isso os carros da BSP Racing foram aos boxes, e com isso Dani Gomes colocou a Chrome na ponta e Ernesto Brock, seguido de Alisson Borges da 4EverBr no top 3.
A briga pela ponta vinha os 5 pilotos muito próximos, Emerson Czerkawski (HVM Racing Team) tentando chegar vindo em terceiro, enquanto isso Leonardo de Souza (Kemba Racing) vindo comboiando vindo na quinta, assim como o quarto Alisson Borges da 4EverBr.
Na 34ª volta, nova amarela vindo com o piloto Diego Vaccaro que rodou sozinho na pista e juntando o grid de novo.
A relargada para o final tinha Dani Gomes, seguido de Ernesto Brock, com Alisson Borges, Emerson Czerkawski e Leonardo de Souza no TOP 5.
Dani Gomes largou mal, e fez com que Brock colocasse de lado e ultrapasse trazendo consigo Alisson Borges que colocou por dentro e foram até o limite onde os dois espalharam e se tocam, Leonardo de Souza que já tinha deixado Emerson Czerkawski para trás,
Com o toque de ambos, se formou um 3wide onde Dani Gomes acabou rodando na interna após um leve toquezinho que Leo de Souza, que acabou emparelhando com Alisson Borges e concretizando a ultrapassagem um pouco antes de soar a bandeira amarela, com isso Leonardo de Souza acabou como vencedor da corrida, já que a bandeira amarela finalizou a prova, Alisson Borges foi o segundo colocado, com Ernesto Brock na terceira posição, com Emerson Czerkawski, Alexandre Oliveira, Vitor Souza, Alex Dance, Achylles Junior, Marco de Andrade e Francisco Costa completando o top 10 de 23 pilotos que copletaram a prova dos 28 que largaram.


VT DA ETAPA.