MENU

Drop Down MenusCSS Drop Down MenuPure CSS Dropdown Menu

Brusdzenski vence em Richmond e leva primeira na VORC Indy Series.


A primeira etapa da Cisco Air Indycar Series, um campeonato voltado para quatro etapas em pistas ovais, teve sua primeira etapa no curto e acanhado oval de Richmond, onde 18 pilotos fizeram parte do grid e teve uma etapa onde os pneus falaram muito para o ritmo dos pilotos onde a estratégia mais ousada deu um ótimo resultado a Gustavo Brusdzenski.


QUALIFICAÇÃO.
A pole ficou com Matheus Machado (Hoperários Bravo Racing) com o tempo de 15.636, seguido de Gustavo Brusdzenski seu companheiro de equipe mas do time 2.
Jesus Neto (BSP Racing) e Jonathan Holohan (Hoperários Bravo Racing) formaram o segunda fila.
Alexandre Oliveira, Paulo Rodrigues, Ernesto Brock, Luiz Gustavo, Vinicius de Oliveira e Marcio Rocha completaram o top 10 da qualificação.


CORRIDA.
Em uma corrida marcada por muitas dificuldades e amarelas em virtude do setup aberto, na largada Jesus Neto deu o pulo na largada, sendo seguido de perto por Gustavo Brusdzenski e Matheus Machado, enquanto isso mais atrás vinham alguns pilotos em evolução, como Emerson Czerkawski (HVM Racing Team) que saiu do fundo do grid, e Leonardo de Souza (Kemba Racing).
Depois de muitas amarelas, era notório que os pneus estavam sendo o grande ponto chave da estratégia no final.
No stint final Emerson Czerkawski aparecia como líder, mas tinha uma avaria no carro após um toque de Francisco Costa (Cisco Air Racing) que o tocou quando foi levar uma volta.
Os carros da Hoperários Bravo Racing, tinham feito uma estratégia parando na última amarela, e com os pneus novos vinham subindo no grid.
Nas voltas finais, Gustavo Brusdzenski passou por todos e venceu a etapa de Richmond, com Ernesto Brock ainda se segurando num ótimo segundo lugar com a sua HVM Racing Team, enquanto Matheus Machado fechou o pódio da etapa.
Emerson Czerkawski, Jonathan Holohan, Leonardo de Souza, Alexandre Oliveira, Jonatan Brochier, Luciano Rocha e Jair Oliveira completaram o top 10.


PROTESTOS E PUNIÇÕES.
Feed – Achylles Jr > M.Nunes – 12:55 – Não foi considerado defesa de posição, por isso sugerimos ao Achylles Jr que o próprio vá conversar com o Marcelo Nunes, pois não sei o que falar de Feedback em um erro e não uma defesa como foi indicado no protesto.
Prot- Achylles Jr > L.Gustavo – 26:01 - +10s N1 - reversa, ou seja Achylles considerado culpado pois o mesmo muda da trajetória tocando o #99.
Prot – Achylles Jr > L.Lemos – 52:19 – Indeferido.
Prot – Achylles Jr > L.Lemos – 58:30 – +10s N1 - Troca de direção mais de uma vez.

CARTEIRA DE PUNIÇÕES.
Tonga Guardia > 4 pts
Jair Oliveira > 3,5 pts
Elisio Neto > 2,75 pts
Julio Alkorta > 2 pts
Hélio Vamberto > 2 pts
Francisco Costa > 1,75 pts
Martin Rossi > 1,75 pts
Dani Gomes > 1,5 pts
Marcio Rocha > 1,5 pts
Achylles Junior > 1,5 pt
Jonatan Brochier > 1 pt
Victor Angel > 1 pt
Luiz Lemos > 1 pt
Marco de Andrade > 0,75 pt
Alexandre Oliveira > 0,5 pt
Fernando Esquitino > 0,5 pt
Rodrigo Yoshihara > 0,5 pt
Paulo Rodrigues > 0,5 pt
Gustavo Brusdzenski > 0,5 pt


PONTUAÇÃO PILOTOS.
Gustavo Brusdzenski sai como líder do campeonato com 25 pontos, com Ernesto Brock vindo com 20 e Matheus Machado 16.



PONTUAÇÃO EQUIPES.
A HVM Racing Team começa como líder do campeonato com 34 pontos, seguido por Hoperários Bravo Racing que vem com 28 pontos e a Hoperários Bravo Racing 2 em terceiro com 25 pontos.




PROXIMA ETAPA.
Agora a categoria vai ao Kentucky para a disputa da segunda etapa, em uma pista de Speedway que acaba sendo mais rápido que Richmond prometendo uma grande disputa.

VT DA ETAPA.