MENU

Drop Down MenusCSS Drop Down MenuPure CSS Dropdown Menu

Gabriel Pecly domina em Portland, vence duas, mas leva uma, Dance vence primeira na VORC.


A primeira etapa do Cisco Air Marcas North América, chegou a Portland após o sucesso da temporada Sul Americana. Chegou com tudo, com um belo grid de 26 carros de 28 inscritos para a temporada.

Em uma pista curta, e apertada a corrida ficou marcada pelas belas corridas de recuperação e ultrapassagens além do bom ritmo de Gabriel Pecly da Hoperários Bravo Racing.

QUALIFICAÇÃO.
Gabriel Pecly (Hoperários Bravo Racing) cravou a pole position com o tempo de 1:17.397, contra Jesus Neto da BSP Racing que fechou a primeira fila com 1:17.550.
A segunda fila foi formada por Thiago de Battisti (Chrome Racing) e Alexandre Oliveira da CTE Racing HVM.
Ernesto Brock, Dani Gomes, Jonatan Brochier, Alex Dance, Marcelo Vieira e Alexandre Emanuel fecharam o top 10.


CORRIDA 1.
Gabriel Pecly foi o vencedor de ponta a ponta, e viu Jesus Neto ter problemas logo na quarta volta, ficando para trás no grid, Ernesto Brock (HVM Racing Team).
Quem fez grande prova foram os pilotos Emerson Czerkawski (HVM Racing Team) e Rian Oliveira (Kemba Racing) que saíram do fundo do grid e chegaram entre os 10.
Ao final de 17 voltas, mesmo com uma punição de queima de largada que afetou vários pilotos na bateria 1, Gabriel Pecly foi o vencedor da prova, seguido de Jonatan Brochier e Ernesto Brock fechando o pódio.
Dani Gomes, Thiago de Battisti, Alex Dance, Marcelo Vieira, Emerson Czerkawski, Paulo Rodrigues e Rian Oliveira fecharam o top 10.


CORRIDA 2.
A segunda bateria foi muito disputada, Com Rian Oliveira saindo da ponta e Paulo Rodrigues fechando a primeira fila. Onde as trocas de posições aconteceram o tempo todo, com Paulo Rodrigues (Time XtraBe) assumindo a ponta logo no começo, mas perdendo a ponta na volta seguinte para o peruano Alex Dance da Tacna Racing.
Enquanto isso quem vinha firme e forte era Gabriel Pecly, que  foi galgando posições até chegar em segundo na volta 6.
Na volta 12, Pecly consegue a ultrapassagem sobre Dance, e assume a ponta, mas fica tomando pressão do peruano, até que no final da bateria quando Dance tentou a ultrapassagem e os dois se tocaram.
Ao final de mais 17 voltas, Gabriel Pecly venceu na pista, mas ele e mais 15 pilotos largaram acima dos 100km/h que a direção de prova indicou e com isso Alex Dance acabou vencendo a segunda bateria, conquistando a sua primeira vitória e da equipe na VORC Series, Gabriel Pecly foi o segundo e Tonga Guardia (Branca Sport Team) que havia sido terceiro perdeu o pódio para Emerson Czerkawski.


PROTESTOS E PUNIÇÕES.
P – J.Hologan > T.de Battisti (0:32) – Indeferido, tempo não conforme regulamento.
P – M.Rossi > G.Pecly (???) – Indeferido, tempo não confirme regulamento + fora do prazo.

PUNIÇÃO POR QUEIMA DE LARGADA
Conforme a direção de prova falou em Briefing e na volta de apresentação era de 100 km/h, qualquer piloto que passou acima disso foi considerado como queima de largada.

Bateria 1
Gabriel Pecly (101 km/h)
Jesus Neto (102 km/h)
Jonathan Holohan (105 km/h)
Vinicius Gonçalves (103 km/h)
Martin Benavides (109 km/h)
Alfredo Bedoya (107 km/h)
Emerson Barina (101 km/h)
Diego Vaccaro (121 km/h)
Marcelo Nunes (128 km/h)
André Sutti (113 km/h)
Rodrigo Volek (110 km/h)
Rian Oliveira (114 km/h)
Emerson Czerkawski (103 km/h)


Bateria 2
Vinicius Gonçalves (102 km/h)
Gabriel Pecly (103 km/h)
Jonathan Holohan (104 km/h)
Alfredo Bedoya (103 km/h)
Martin Rossi (107 km/h)
Antonio Salleres (107 km/h)
Marcelo Nunes (106 km/h)
Alexandre Emanuel (116 km/h)
Jesus Neto (108 km/h)
Diego Vaccaro (123 km/h)
Tonga Guardia (134 km/h)
Emerson Barina (126 km/h)
Alexandre Oliveira (131 km/h)
Martin Benavides (125 km/h)
André Sutti (103 km/h)
Fernando Esquitino (102 km/h)


CARTEIRA PUNITIVA.
Martin Rossi > 3.5 pts
André Sutti > 3 pts
Jorge Dillerva > 2 pts
Gabriel Pecly > 2 pts
Jesus Neto > 2 pts
Jonathan Hologan > 2 pts
Vinicius de Gonçalves > 2 pts
Martin Benavides > 2 pts
Alfredo Bedoya > 2 pts
Emerson Barina > 2 pts
Diego Vaccaro > 2 pts
Marcelo Nunes > 2 pts
João Pedro > 1,5 pts
Alessandre Silva > 1,5 pts
Rodrigo Volek > 1 pt
Rian Oliveira > 1 pt
Emerson Czerkawski > 1 pt
Antonio Salleres > 1 pt
Alexandre Emanuel > 1 pt
Tonga Guardia > 1 pt
Alexandre Oliveira > 1 pt
Fernando Esquitino > 1 pt
Bruno Mali > 0,75 pt
Gabriel Granado > 0,5 pt
Ernesto Brock > 0,5 pt
Marcio Rocha > 0,38
Alex Dance > 0,38

PONTUAÇÃO PILOTOS.
Gabriel Pecly começa a temporada como líder com 45 pontos conquistados, enquanto Alex Dance é o vice líder do campeonato com 35 pontos.
Dani Gomes começa o campeonato em terceiro lugar.



PONTUAÇÃO EQUIPES.
A Hoperários Bravo Racing é a líder do campeonato com 52 pontos, a Chrome Racing vem em segundo lugar com 47 pontos, enquanto a HVM Racing Team crava o terceiro lugar no campeonato com 46 pontos conquistados.


PONTUAÇÃO MONTADORAS.
01º - Chevrolet > 45 pts
02º - Mitsubishi > 35 pts
03º - Renault > 32 pts
04º - Honda > 32 pts
05º - Toyota > 21 pts
06º - Ford > 03 pts

PROXIMA ETAPA.
Agora a categoria vai ao Canadá, para a etapa no traçado de rua de Vancouver.

VT DA ETAPA.