MENU

Drop Down MenusCSS Drop Down MenuPure CSS Dropdown Menu

Um mar de carros na estréia da Cisco Air Marcas Sudam.


A estreia da Cisco Air Marcas Sudam foi de tirar o folego com 34 dos 38 inscritos o circuito argentino de Cordoba foi palco de batalhas épicas e com direito a piloto da casa vencendo bateria.

A etapa também marcou o retorno do querido Jesias Meira para uma transmissão depois de um hiato longo, trazendo muita gente das antigas para acompanhar a transmissão junto com Bruno Mali reeditando os bons tempos de NEOBR.

QUALIFICAÇÃO.
John Martins (#268 Racing) foi o pole position com o tempo de 1:17.578, ficando à frente de Alexandre Oliveira da CTE Racing HVM que fez 1:17.669.
Rodrigo Volek (ROVO Motorsports) e A Schnell de Ricardo Prediger fecharam a segunda fila.
Felipe Granado, Michel Oliveira, Fernando Esquitino, Alex Dance, Martin Rossi e Thiago de Battisti completaram o top 10.

BATERIA 1.
John Martins que saiu na ponta cravou um duelo particular com Alexandre Oliveira durante toda a prova, com Rodrigo Volek seguindo um duelo com Prediger por um tempo.
No meio do pelotão vários incidentes e problemas entre os pilotos foram o chave dos incidentes.
Ao final de 17 voltas John Martins foi o vencedor com Alexandre Oliveira em segundo e Ricardo Prediger com um bom terceiro lugar na etapa.
Michel Oliveira, Fernando Esquitino, Dani Gomes, Rodrigo Vollek, Jackson de Souza, Paulo Rodrigues, Gilson Rodrigues completaram o top 10 dos 27 pilotos que terminaram a bateria 1.


BATERIA 2.
Com a primeira formada por Gilson Rodrigues (BSP Racing) e o português Paulo Rodrigues da Time XtraBe, seguidos de Jackson de Souza da BEcom E-Sports e Rodrigo Volek (ROVO).
Nas primeira voltas Jackson de Souza e Rodrigo Volek pularam para as duas primeiras posições, com Gilson e Paulo caindo posições.
Quem vinha numa crescente era o argentino Fernando Esquitino (Branca Sport Team) que já tinha pulado de sexto para terceiro até a terceira volta.
Rodrigo Volek e Jackson foram monopolizando a briga pela ponta com Volek se defendendo, Esquitino vinha se aproximando e outro nome vinha chegando vindo de trás que era John Martins que havia saído na 10ª posição.
Na 8ª volta Volek perde a freada e acaba e a ponta e duas voltas depois Fernando Esquitino ultrapassou Jackson pela ponta e ao mesmo tempo John Martins passava por Prediger.
Ao final de mais 17 voltas Fernando Esquitino leva a Branca Sport Team a vitória em casa, John Martins ainda conseguiu na última volta a ultrapassagem encima de Jackson de Souza que foi o terceiro colocado.

PROTESTOS E PUNIÇÕES.
Bateria 1
E.Brock > M.Rossi (v2 6:33g) - +20s N2 – Acidente.
F.Granado > J.Pedro (v3 0:45v) - +30s N3 – Retorno Perigoso.
J.de Souza > R.Volek – (v7 ??) – Inferido, tempo exato não descrito.

Bateria 2
J.Gabriel > A.Silva (v4 9:17g) - +30s N3 – Retorno Perigoso.
J.de Souza > R.Volek (v3 ??) - Inferido, tempo exato não descrito.
J.de Souza > R.Volek (v3 ??) - Inferido, tempo exato não descrito.
J.de Souza > R.Volek (v5 ??) - Inferido, tempo exato não descrito.
J.de Souza > R.Voek (v8 ??) - Inferido, tempo exato não descrito.

CARTEIRA PUNITIVA.
João Pedro – 3 pts
Alessandre Silva – 3 pts
Martin Rossi – 2 pts
Bruno Mali – 1,5 pts
André Sutti – 1 pt
Marcio Rocha – 0,75 pts
Alex Dance – 0,75 pts

CAMPEONATO DE PILOTOS.
John Martins já começa o campeonato muito bem com 45 pontos nas duas baterias, enquanto Fernando Esquitino é o segundo colocado com 37, Ricardo Prediger da Schnell é o terceiro colocado com 30 pontos.


CAMPEONATO DE EQUIPES.
#268 Racing começa na dianteira do campeonato com 68 pontos, a Branca Sport Team agora vem com 54 pontos, enquanto a Team Schnell já marca 30 na terceira posição.




CAMPEONATO DE MONTADORAS.
01º - Ford – 45 pontos
02º - Toyota – 37 pontos
03º - Renault – 34 pontos
04º - Mitsubishi – 25 pontos
05º - Honda – 18 pontos
06º - Chevrolet – 5 pontos

PRÓXIMA ETAPA.
Agora a categoria vai ao Chile para a etapa no traçado de rua de Santiago, um traçado muito estreito e difícil. Que com certeza será uma etapa de sobrevivência.

VT DA ETAPA.