Final insano faz Márcio Rocha vencer segunda Freedom 200.


A VORC Series trouxe a HV Studio Design Freedom 200 para a segunda edição, desta vez com 200 milhas e não 100 como em 2021, o que não mudou foram as disputas em uma corrida pra lá de emocionante com os carros andando por muito tempo em pack Racing, e com o final digno de filme, com acidentes, e toques, com Márcio Rocha desviando de tudo no momento final.

QUALIFICAÇÃO.
Cyro Santana (4EverBr) cravou a pole com 46.477, com Ernesto Brock da CTE Racing HVM na segunda posição com 46.560.
Rodrigo Volek, Luciano Rocha, Alexandre Oliveira, Marcelo Vieira, Francisco Costa, Ulisses Oliveira, Thallisson Santos e Thiago de Battisti completaram o top 10 dos 18 pilotos em pista para a corrida.


CORRIDA.
As 80 voltas da corrida, contou com muita movimentação, com o carro tendo um vácuo muito forte, fazia os carros andarem em pack, todos juntos, com isso as trocas de posições aconteciam o tempo todo.
Contanto com 7 lideres diferentes em algum momento da prova, Ernesto Brock era quem mais liderou a prova, sempre andando no pelotão da frente até o acidente com Alexandre Oliveira (HVM Racing Team) que o tirou da luta.
Com o final da prova chegando, a situação começou a ficar tensa, com todo mundo tentando achar um espaço, até que no final da prova, Ernesto Brock que vinha em 13º uma volta atrás, se meteu no meio da galera tentando tirar uma volta, o que deixou a situação ainda mais tensa, até que na volta final, Francisco Costa (Cisco Air Racing) espalha e pega o muro, sendo jogado de volta para cima de Alexandre Oliveira que leva a pior, na sequencia Emerson Czerkawski (HVM Racing Team) toca Francisco Costa que roda, Czerkawski ainda se toca com Luciano Rocha da #268 Racing, com isso quem passa ileso a tudo isso é o piloto da Cisco Air Racing Márcio Rocha que acaba levando a corrida após 80 voltas e 1 hora e 37 minutos de corrida.
Luciano Rocha ainda cruza em segundo lugar e Rodrigo Volek coloca a Kemba Racing no pódio.
Emerson Czerkawski ainda foi o quarto colocado.
Leonardo de Souza, Cyro Santana, Thiago de Battisti, Alexandre Oliveira, Francisco Costa e Ernesto Brock completaram o top 10 dos 13 carros que completaram a prova.


PROTESTOS E PUNIÇÕES.
P – A.Oliveira > F.Costa [98:01] +10s, N1 – Defesa de posição perigosa.

VT DA ETAPA.

VORC SERIES