Julio Cesar e Czerkawski vencem em Enna Pergusa.

A segunda etapa da Cisco Air Clio Cup Itália, chegou ao difícil traçado de Enna Pergusa, contanto com longas retas, porém com trechos complicados de chicanes difíceis, a corrida contou com 22 carros no grid, e uma das grandes certezas da etapa era que a primeira vitória podia ser considerada terminar a prova sem tocar nas barreiras ou ficar pelo caminho....

QUALIFICAÇÃO.
A dificuldade em se fazer uma volta única rápida, deu um ar de pressão a mais para os pilotos que teve pole position de Alexandre Oliveira (CTE Racing HVM) com o tempo de 1:50.273, enquanto Julio Cesar da 4EverBr foi o segundo colocado com 1:50.677.
A segunda fila foi formada por Ernesto Brock (HVM Racing Team) e Jonatan Brochier da Chrome Racing.
Rodrigo Volek, Cyro Santana, João Pedro, Jesus Neto, Cesar Emilio e Alexandre Emanuel completaram o top 10.
A pole na Yoyogui AM Cup foi de Cyro Santana da 4EverBr que largou em 6º no geral.


CORRIDA 1.
A corrida 1 começou com um incidente forte na largada, com Cassio Zpointer (Dubla Racing) se encontrando com Emerson Barina (CTE Racing HVM) onde com isso ficou um caos, com Thiago de Battisti (CR Motorsport) Fabio Krek (FKR) e Emerson Czerkawski (HVM Racing Team) sendos os principais atingidos no acidente.
Com vários carros indo aos boxes, quem se fez valer de um bom ritmo foi Julio Cesar que assumiu a ponta da prova.
A prova foi seguindo com mais incidentes, geralmente com os pilotos isolados errando ao se acertarem com a barreira de pneus.
Ao final de 11 voltas, quem levou a melhor foi Julio Cesar que venceu a primeira bateria com Alexandre Oliveira em segundo e Ernesto Brock em terceiro.
Cyro Santana além de 4º no geral foi o vencedor da Yoyogui AM Cup, com Cesar Emilio (Dubla Racing) em quinto no geral e segundo na AM Cup
Alexandre Emanuel, Paulo Rodrigues, Jonathan Holohan, Emerson Czerkawski, Rodrigo Volek completaram o top 10 dos 13 carros que completaram a prova.


CORRIDA 2.
A corrida começou com Rodrigo Volek (Kemba Racing) e Emerson Czerkawski formando a primeira fila com a inversão do grid.
Dada a largada, Emerson Czerkawski tratou logo de partir para cima de Volek e no final da segunda volta, se aproveitou de um erro do piloto da Kemba para assumir a ponta, enquanto isso, Ernesto Brock e Fabio Krek vinham logo atras e tentavam uma aproximação, o que aconteceu a partir da volta 5 quando Krek também se aproximou de Brock, até que na volta 7, Brock se empolga na chicane, e acaba indo além do limite e bate, fazendo Krek também rodar, com Brock levando a pior pois havia perdido a roda do carro.
Quem se deu bem com tudo isso foi Julio Cesar que alcançou o segundo lugar, e tentou se aproxima de Emerson Czerkawski.
Más após mais 11 voltas de corrida, Emerson Czerkawski foi o grande vencedor da segunda bateria, com Julio Cesar em segundo e Alexandre Oliveira em terceiro repetindo o pódio da primeira e somando bons pontos no campeonato.
Fabio Krek foi o quarto, e Alexandre Emanuel, Rodrigo Volek, Cyro Santana, Paulo Rodrigues, Marco Parma e Cesar Emilio completaram o top 10 dos 10 que terminaram a acidentada bateria.
Cyro Santana venceu a segunda corrida dele na AM Cup, com Marco Parma e Cesar Emilio no top 3 da sub-categoria.


PROTESTOS E PUNIÇÕES.
Não houve.

PONTUAÇÃO.
PILOTOS GERAL.
Alexandre Oliveira sai de Enna Pergusa ainda mais líder do campeonato com 81 pontos conquistados, o que é 22 pontos a mais que Fabio Krek que vem com 59.
Julio Cesar tem 57 em sua recuperação, Ernesto Brock e Emerson Czerkawski completam o top 5 com 51 e 41 pontos na sequencia.


EQUIPES.
A HVM Racing Team é líder do campeonato com 92 pontos, com CTE Racing HVM saindo na vice liderança com 88 pontos.
A 4EverBr é a terceira com 87 pontos.
FKR tem 59 e Chrome Racing vem com 56 pontos fechando o top 5.


YOYOGUI AM CUP.
Cyro Santana assume a liderança com 82 pontos, com Marco Parma na vice com 69 pontos, enquanto Cesar Emilio aparece em terceiro com 57 pontos conquistados.


PROXIMA ETAPA.
Agora a categoria vai a Imola, para mais duas baterias de 20 minutos em um traçado super rápido, mas com trechos travados o que promete muitas emoções nas disputas para os pilotos.

VT DA ETAPA.
A etapa não contou com transmissão ao vivo em virtude de problemas técnicos, com isso será feito um VT assim que possível e disponibilizado aqui e em nossas redes sociais.



VORC SERIES