MENU

Drop Down MenusCSS Drop Down MenuPure CSS Dropdown Menu

Cadu Maciel e Artur Vieira fazem tango acirrado em Cordoba!



A TC PickUp Argentina desembarcou no veloz circuito de Córdoba para sua segunda rodada e contando com um total de 20 pilotos na pista.
Contando com um show a parte nas disputas na primeira etapa, e sabendo de uma briga pelo titulo muito acirrada, a pista rápida, se esperava uma corrida super disputada!

QUALIFICAÇÃO: 
A classificação foi uma repetição da etapa anterior, em Bueno Aires com Cadu Maciel (BSP Racing) fazendo mais uma pole position e tendo Artur Vieira (Team Tchacha) na segunda posição com uma diferença de apenas 0,037s entre os dois.
Ernesto Brock (HVM Racing Team) fez o terceiro tempo e o estreante Ricardo Prediger (Team Schnell) fechou a segunda fila.
Na sequência vieram Luciano Rocha, John Martins, Edilson Freshi, Marco Parma, Paulo Rodrigues, Jesus Neto, Michel Oliveira, Marcelo Nunes e Emanuel Granja.
Tivemos ainda Thallisson Santos, Emerson Czerkawsky, Wagner Antonelo e Paulo Tchachalowski que não marcaram tempos. Desses, Emerson Czerkawsky (HVM Racing Team) acabou não largando na primeira bateria devido a problemas no volante.


BATERIA 1:
 Na largada Cadu Maciel manteve a ponta e o destaque foi a ótima largada de Ricardo Prediguer que pulou da quarta para a segunda posição! Mas a alegria do piloto da Team Schnell durou apenas alguns poucos segundos, pois, na primeira curva acabou beliscando a zebra interna e sua Fiat Toro escapou de traseira. Prediguer conseguiu segurar o carro, mas caiu para a décima posição.
Artur Vieira e Ernesto Brock mantiveram suas posições enquanto John Martins (#268 Racing) ultrapassava seu companheiro Luciano Rocha assumindo o quarto posto.
Mais para o meio do pelotão era a vez de Michel Oliveira (#268 Racing) e Marcelo Nunes (Mystery Racing Team) escaparem sozinhos na segunda curva, mas voltaram pra pista sem maiores problemas.
Na segunda volta foi a vez do líder Cadu Maciel errar o ponto de frenagem e passear pela grama retornando na terceira posição.
Jesus Neto (BSP Racing) vinha forte ganhando posições até que viu pelo retrovisor Marco Parma (Parma Motorsport) rodar sozinho na primeira curva e ser atingido por Ricardo Prediguer. Marco ainda tentou continuar, mas com seu carro avariado acabou desistindo da prova.
La na frente Cadu Maciel fez a ultrapassagem em cima de Ernesto Brock subindo para segundo. Quase ao mesmo tempo, Edilson Freshi (Tornado e-Motorsport) ganhava a quinta posição de Luciano Rocha.
Mais para trás no grid as rodadas e trocas de posições eram incessantes. Jesus Neto ultrapassou Luciano Rocha, mas logo em seguida rodou sozinho caindo para a decima posição.
Na metade da prova tínhamos Artur Vieira em primeiro sendo perseguido de perto por Cadu Maciel e Ernesto Brock em terceiro sofrendo pressão de John Martins. Na sequência vinham Edilson Freshi, Luciano Rocha, Ricardo Prediguer, Emanuel Granja, Michel Oliveira e Jesus Neto.
John Martins conseguiu ultrapassar Ernesto Brock garantindo a última vaga do pódio enquanto la atrás Michel Oliveira rodava sozinho na curva um forçando Jesus Neto a sair da pista também para evitar uma colisão.
Cadu Maciel e Artur Vieira vinham numa disputa sensacional que fez valer o ingresso da prova. Depois de várias tentativas e de andarem lado a lado por várias curvas, Cadu finalmente conseguiu a ultrapassagem de onde não mais perdeu.
Ja Paulo Rodrigues bem que tentou, mas depois de uma perseguição acirrada acabou perdendo a oitava posição para Jesus Neto na penúltima volta.
Ao final de 16 voltas tivemos a segunda vitória de Cadu Maciel no campeonato, seguido de Artur Vieira e John Martins fechando o pódio. Na sequência vieram Ernesto Brock, Edilson Freshi, Luciano Rocha, Ricardo Prediguer, Jesus Neto, Paulo Rodrigues e Thallison Santos fechando os dez primeiros.
Dos 16 carros que largaram, 13 completaram a prova.


BATERIA 2:
 A segunda bateria contou com quatro novos pilotos no grid, sendo eles Emerson Czerkawski, Alexandre Oliveira, Samuel Milani e Fernando Esquitino.
Com a inversão do grid tivemos Thallisson Santos largando na pole position e Paulo Rodrigues na segunda posição. Jesus Neto e Ricardo Prediguer formaram a segunda fila.
Na largada Thallisson Santos e Paulo Rodrigues mantiveram as posições enquanto Neto e Prediguer vinham duelando. Mas na segunda volta os dois escaparam da pista e acabaram caindo la para trás, com Jesus Neto levando a pior ao retornar na decima nona e penúltima posição.
Edilson Freshi e Marcelo Nunes foram outros que também escaparam da pista perdendo muitas posições.
Quem agradecia as várias saídas de pista eram os três primeiros da primeira bateria que, ao fim da segunda volta já estavam la na frente.
Thallisson Santos vinha em primeiro seguido de Ernesto Brock, John Martins e Cadu Maciel.
Na quarta volta Brock colocou lado a lado com Thallisson e assumiu a ponta levando de carona na manobra, John Martins e Cadu Maciel.
Na volta seguinte Cadu da uma escapada da pista e cai para a quinta posição enquanto Artur Vieira ultrapassava Luciano Rocha e assumia o terceiro posto. Mais duas voltas e foi a vez do Cadu superar Luciano.
Na metade da prova tínhamos Ernesto Brock em primeiro, John Martins em segundo, Artur Vieira em terceiro e na sequência Cadu Maciel, Luciano Rocha, Ricardo Prediguer, Thallisson Santos, Michel Oliveira, Paulo Rodrigues e Alexandre Oliveira fechando os dez primeiros.
Na decima volta Artur Vieira parte pra cima de John Martins e numa ultrapassagem por fora consegue assumir a segunda posição, iniciando uma perseguição a Ernersto Brock em busca da vitória.
Enquanto isso Cadu consegue ultrapassar John Martins assumindo a terceira posição.
Na penúltima volta Brock não resiste ao ataque de Artur Vieira e perde a liderança para o piloto da Team Tchacha e na última volta também perde o segundo posto para Cadu.
Após 16 voltas Artur Vieira vence sua primeira no campeonato, seguido de Cadu Maciel em segundo e Ernesto Brock fechando o pódio. Na sequência chegaram John Martins, Luciano Rocha, Ricardo Prediguer, Thallisson Santos, Michel Oliveira, Alexandre Oliveira e Paulo Rodrigues fechando os dez primeiros.
Dos 20 carros que largaram, 18 completaram a prova.


PROTESTOS E PUNIÇÕES:
Bateria 2:
E.Freshi > A.Oliveira - +N2, +20s. Ultrapassagem forçada causando rodada do adversário.

PONTUAÇÃO PILOTOS:
Com a imensa disputa entre os pilotos, Cadu Maciel segue a ponta agora com 86 pontos, enquanto Artur Vieira segue na vice liderança, a apenas um ponto atrás, deixando a briga pelo titulo em aberto. Ernesto Brock se recuperou bem no campeonato e figura com o terceiro lugar no campeonato com 55 pontos.

PONTUAÇÃO EQUIPES:
Com três vitória em quatro baterias, a BSP Racing lidera o campeonato com 95 pontos, 10 pontos a mais que a Team Tchacha que vem na vice liderança do campeonato, a HVM Racing Team subiu no campeonato e agora vem em terceiro lugar no campeonato com 55 pontos.

PRÓXIMA ETAPA:
Agora a categoria chega a Termas do Rio Hondo, traçado bastante tecnico, mas contando com boas retas e bastante espaço, o que com certeza trará uma nova corrida disputada entre os pilotos.

VT DA ETAPA: