MENU

Drop Down MenusCSS Drop Down MenuPure CSS Dropdown Menu

Insanidade canadense.

A segunda etapa da HV Studio Design Champ Car Series veio com em um traçado pouco conhecido, mas muito difícil, com trechos rápidos e outros mais lentos. A corrida se tornou uma etapa de sobrevivência ao longo dos acidentes e amarelas que iam acontecendo, inclusive envolvendo os líderes da prova em várias oportunidades.

QUALIFICAÇÃO.
Gustavo Brusdzenski (Bravo Racing Team) foi o pole position com 1:18.392, com Ricardo Prediger da Team Schnell completando o segundo lugar com 1:18.899.
Emerson Czerkawski (HVM Racing Team) e Ernesto Brock seu companheiro formaram a segunda fila, com Leonardo de Souza (Kemba Racing) e Alexandre Oliveira (CTE Racing HVM) completaram a terceira fila.
Dani Gomes, Victor Angel, Jonatan Holohan e Tonga Guardia completaram o top 10 da qualificação.


CORRIDA.
Na largada Prediger e Czerkawski ultrapassaram Brusdzenski que caiu para o terceiro lugar, e com uma amarela logo na largada após um acidente entre Julio Alkorta (Equipe Piratas) e Achylles Junior (M Tech Sports) que acabaram gerando um acidente mais forte.
Com a verde agitada, Emerson Czerkawski e Ricardo Prediger iniciaram um duelo pela ponta, com Czerkawski atacando procurando a ponta da prova.
Até que na volta 10 Julio Alkorta estava rodada em ponto cego da pista e fica na frente dos líderes e Prediger levando a pior com o toque. E com a amarela agitada, começaram os pits.
E no mesmo momento fim de prova para Czerkawski com problemas de internet.
Na sequência após Tonga Guardia (Branca Sport Team) que era líder ir aos boxes, Leonardo de Souza e Alexandre Oliveira duelavam pela ponta da prova, até que Tonga Guardia que vinha como retardatário e foi dar passagem, e acabou não seguindo a recomendação da liga, a mesma que Leonardo de Souza foi seguir e o mal entendido gerou um acidente quando Tonga Guardia levantou o pé para dar passagem e com isso Leonardo de Souza e Alexandre Oliveira junto com Tonga Guardia foram a brita e fim de prova para os líderes.
Com nova amarela, quem foi a liderança foi Gustavo Brusdzenski que veio liderando até a hora que o azar o pegou e o piloto teve de ir aos boxes, caindo para o 6º lugar.
Com isso quem voltou a ponta foi Ricardo Prediger seguido de Ernesto Brock, após a parada do piloto da HVM, Jair Oliveira da Soul Drivers chegou ao segundo lugar, mas um acidente tirou o piloto da prova.
No techo final Prediger e Brock vinham na frente, e Gustavo Brusdzenski vinha em terceiro, e vinha sendo ameaçado pelo desempenho do argentino Martin Rossi (Scuderia Rossi) que se aproveitou de um novo acidente de Brusdzenski e pulou ao terceiro lugar.
Ao final de 34 voltas Ricardo Prediger vence a etapa canadense, com Ernesto Brock em segundo e Martin Rossi completando o terceiro lugar no pódio.
João Hebert, Achylles Junior, Francisco Costa, Gustavo Brusdzenski, e Marcio Rocha foram os 8 pilotos que completaram a etapa.


PROTESTOS E PUNIÇÕES.
A.Oliveira > T.Guardia – [V16] +30s N3
L.de Souza > T.Guardia – [16] +30s N3.

*Tonga Guardia, DQ da etapa por acumular 60s em uma corrida.

CARTEIRA DE PUNIÇÃO.
Tonga Guardia – 8 pts
Elisio Netto – 5.5 pts
Julio Alkorta – 4 pts
Hélio Vamberto – 4 pts
Francisco Costa – 3.5 pts
Martin Rossi – 3.5 pts
Jonatan Brochier – 2 pts
Victor Angel – 2 pts
Marco de Andrade – 1.5 pts
Achylles Junior – 1 pt
Alexandre Oliveira – 1 pt
Dani Gomes – 1 pt
Marcio Rocha – 1 pt
Fernando Esquitino – 1 pt
Rodrigo Yoshihara – 1 pt
Paulo Rodrigues – 0.5 pt

* Tonga Guardia fica suspenso da etapa de Surfer's Paradise. por atingir 8 pontos na carteira.

PONTUAÇÃO PILOTOS.
Ernesto Brock segue líder do campeonato com 45 pontos, enquanto Ricardo Prediger sobe a vice liderança com 30 pontos conquistados e Emerson Czerkawski ficando com o terceiro posto com 23.


PONTUAÇÃO EQUIPES.
A HVM Racing Team segue na liderança com 68 pontos, e a Team Schnell na vice com 30 pontos. Agora a M Tech Sports vem na terceira posição com 28 pontos.


PRÓXIMA ETAPA.
Agora a categoria volta a um centro urbano, para a terceira etapa no traçado de Surfer’s Paradise para a etapa australiana.


VT DA ETAPA.