Em corrida cheia de emoções, Brusdzenski é campeão da Indycar.

 


A Cisco Air Indycar Series, chegou a Michigan para a grande final, e com uma corrida pra lá de emocionante, com vários pilotos brigando pelo titulo, em uma corrida praticamente toda em bandeira verde, momentos cruciais como o de pits stops, marcou a grande final no superspeedway.

QUALIFICAÇÃO.
Gustavo Brusdzenski (Hoperários Bravo Racing 2) foi o pole com 31.025, segudo de Jesus Neto da BSP Racing que era seu principal concorrente nessa disputa.
Leonardo de Souza (Kemba Racing) e Luiz Gustavo (BSP Racing) completaram a segunda fila.
Ernesto Brock, Alexandre Oliveira, Luiz Lemos, Emerson Czerkawski, Jair Oliveira e Francisco Costa, completaram o top 10 dos 16 carros da grande final.


CORRIDA.
Logo na largada uma amarela causada por Achylles Junior (M Tech Sports) parecia que a corrida poderia ter um início amarrado, mas após uma relargada boa, a corrida começou a fluir sem maiores problemas, Gustavo Brusdzenski lideroua até a volta 28 quando parou mais cedo, de forma até supreendente aos demais pilotos em pista, enquanto Jesus Neto parou 12 voltas depois.
Com isso e sem amarelas, gerou um jogo de estratégias entre os pilotos já que com isso, ficou um incógnita sobre quem teria combustível até o final quando fizesse a última parada comum. Nesse meio tempo Leonardo de Souza, Emerson Czerkawski (HVM Racing Team) e Ernesto Brock chegaram a liderar uma volta, antes de suas ultimas paradas.
Com isso Brusdzenski voltou a liderança, seguido relativamente de perto por Emerson Czerkawski, enquanto Jesus Neto seu principal concorrente, depois de problemas em uma parada ficou totalmente fora da briga.
Após 110 voltas, Gustavo Brusdzenski vence a etapa, e se sagra campeão da Indycar Series, enquanto Emerson Czerkawski conquista um belo pódio, o que faz ficar no top 3 do campeonato, Leonardo de Souza completou o pódio no top 3 com sua Kemba Racing.


PROTESTOS E PUNIÇÕES.
Não houve Protestos.

CARTEIRA PUNITIVA.
Tonga Guardia > 4 pts
Jair Oliveira > 3,5 pts
Matheus Machado > 3 pts
Jonatan Brochier > 3 pts
Luiz Lemos > 3 pts
Elisio Netto > 2,75 pts
Márcio Rocha > 2,5 pts
Julio Alkorta > 2 pts
Hélio Vamberto > 2 pts
Leonardo de Souza > 2 pts
Francisco Costa > 1,75 pts
Martin Rossi > 1,75 pts
Dani Gomes > 1,5 pts
Achylles Junior > 1,5 pts
Gustavo Brusdzenski > 1,5 pts
Victor Angel > 1 pt
Jonathan Holohan > 1 pt
Marco de Andrade > 0,75 pt
Alexandre Oliveira > 0,5 pt
Fernando Esquitino > 0,5 pt
Rodrigo Yoshihara > 0,5 pt
Paulo Rodrigues > 0,5 pt

PONTUAÇÃO PILOTOS.
Gustavo Brusdzenski foi o grande campeão com 70 pontos conquistados, enquanto Jesus Neto fechou como vice líder ao fazer 53 pontos.
Emerson Czerkawski completou no terceiro lugar depois do pódio na final.


PONTUAÇÃO EQUIPES.
BSP Racing fez 87 pontos e sai com o título, a HVM Racing Team fez 72 pontos, enquanto a Hoperários Bravo Racing 2 fechou com 70 pontos conquistados.


VT DA ETAPA.



VORC SERIES