Losail tem corrida movimentada e Leo de Souza e Renan Mello levam vitória.

A quarta etapa da Cisco Air Endurance Series Middle East chegou ao Catar para mais uma etapa, com um circuito com bastante área de escapes e bastante espaço.

As brigas pelo títulos da categoria seguia em aberto, com os pilotos tendo a chance ou de firmar mais pontos, ou tentar entrar na recuperação final.
O grid contou com 23 carros para a etapa.

QUALIFICAÇÃO.
Na LMP2 a pole ficou com Leonardo de Souza (Kemba Racing) que fez 1:43.080, seguido de perto por Fabricio Matheussi que com a 4EverBr foi segundo com 1:43.335.
John Martins, Dani Gomes, Vinicius de Oliveira completaram o top 5 da classe dos 9 carros da classe.
Já na GTE a pole ficou com Renan Mello (4EverBr) que fez 1:50.030, seguido por Jeferson Brito (4EverBr Racing) que fez 1:50.860.
Paulo Willami, André Brito, Carlos Vinicius, Jonatan Brochier, Cyro Santana, Michel Oliveira, Guilherme Semi e João Hebert foram o top dos 14 GTE que estiveram em pista.


CORRIDA.
Na LMP2 o que se viu foi uma corrida bem movimentada, com Leonardo de Souza começando forte e mantendo a ponta até a sua parada, com as estratégias que vinham ocorrendo logo depois das paradas dos LMP2, a bandeira amarela trouxe um jogo de estratégia para os pilotos.
John Martins (#268 Racing) passou a liderar a prova já que vinha numa nova janela de pits, Quem também vinha em prova forte, era Ernesto Brock (HVM Racing Team) que vinha andando forte e liderou o trecho final.
Depois da segunda amarela, causada por Guilherme Semi (Error X Racing) Leonardo de Souza não vai aos boxes, e com isso vai até o final na ponta com 44 voltas em 1 hora e 33 minutos, com Fabricio Matheussi cruzando a linha de chegada em segundo, porém com um incidente com Gustavo Brusdzenski (Bravo Racing Team) caindo posições, com isso Ernesto Brock foi o segundo, com John Martins em terceiro e Dani Gomes em quarto com Matheussi fechando em quinto, dos 7 P2 que completaram a prova.

Já na GTE a corrida foi super movimentada em varias posições. Renan Mello manteve a liderança durante o inicio da prova, tendo João Hebert (M Tech Sports) que fazia sua estréia em Losail, aparecendo como forte candidato a vitória Carlos Vinicius (VOLTZ e-Racing Team e Cyro Santana (4EverBr) tiveram a chance de liderar a prova, mas por causa da amarela ter sido dada bem no momento que iam parar, mas com os Longest Line acabaram indo ao final do grid, Renan Melo e João Hebert abriram então o final da prova duelando com duas belas ultrapassagem por fora cada um.
Jeferson Brito também foi ao ataque para o segundo lugar!!!
Ao final de 44 voltas aos GTE (a mesma dos LMP2) Renan Mello vence a quarta etapa sendo a terceira das 4 etapas, Jeferson Brito completou a dobradinha da equipe, João Hebert em corrida espetacular fecha em terceiro no pódio.
Luciano Rocha, Jonatan Brochier, Paulo Williami, Fernando Esquitino, Cyro Santana, Vinicius Gonçalves e Carlos Vinicius completaram o top 10 dos 11 GTE que completaram a etapa.


PROTESTOS E PUNIÇÕES.
P – G.Brusdzenski > F.Matheussi [45:55] +20s, N2 – Acidente
N – L.Rocha > J.Hebert [14:40] Notificação de Auto Punição.
P – C.Santana > C.Vinicius [10:53] +10s, N1 – Ultrapassagem irregular.
P – C.Santana > C.Vinicius [89:26] +10s, N1 – Ultrapassagem irregular
P – J.Brito > G.Brusdzenski [46:47] Indeferido.
P – J.Brito > C.Vinicius [50:09] +20s, N2 – Acidente.
P – V.Gonçalves > M.Oliveira [43:30] DQ, Payback* após acidente. Exclusão do piloto da liga.

*A liga não tolera esse tipo de atitude, em hipótese alguma. Seja quem for, com isso o piloto será mais aceito na liga.

CARTEIRA PUNITIVA
Márcio Rocha > 8 pts 
John Palauro > 4,5 pts
Carlos Vinicius > 4 pts
Fabricio Matheussi > 4 pts

Filipe Barreto > 4 pts
Gabriel Pecly > 3,5 pts
Vinicius Gonçalves > 3,5 pts
André Sutti > 3 pts
Elisio Netto > 3 pts
Fabio Minski > 3 pts
Gustavo Alves > 3 pts
Leonardo de Souza > 2,5 pts
Jonatan Brochier > 2 pts
Julio Rodrigues > 2 pts
Vinicius Ritter > 2 pts
Cyro Santana > 1,5 pts
Dani Gomes > 1,5 pts
Emerson Czerkawski > 1,5 pts
Ernesto Brock > 1,5 pts
Jonathan Holohan > 1,5 pts
Julio Cesar > 1,5 pts
Marco Parma > 1,5 pts
Guilherme Semi > 1 pt

Luiz Lemos > 1 pt
Renan Mello > 1 pt
Thallisson Santos > 1 pt

Alexandre Oliveira > 0,5 pt
Fabricio Matheussi > 0,5 pt
Paulo Rodrigues > 0,5 pt

O Piloto Thallisson Santos perde 5 posições na próxima etapa.

PONTUAÇÃO LMP2.
PILOTOS.
John Martins segue líder, mas agora com 2 pontos de vantagem para Leonardo de Souza que vem logo na sequência, Fabricio Matheussi e Ernesto Brock seguem com chances matemáticas, mas com 12 pontos atrás de John.


EQUIPES.
A HVM Racing Team líder do campeonato com 52 pontos, seguido pela #268 Racing que vem com 49 pontos, enquanto a Kemba Racing é a terceira com 47.


PONTUAÇÃO GTE.
PILOTOS.
Renan Mello segue líder, e abre 12 pontos de vantagem sobre Jeferson Brito que tem 45 pontos até aqui.
Jonatan Brochier é o terceiro colocado com 33 pontos até aqui.


EQUIPES.
A 4EverBr é a líder com 73 pontos, e sai de Losail como campeã de equipes, com a 4EverBr Racing vindo na vice liderança com 45 pontos conquistados.
A CR Motorsport é a terceira colocada com 33 pontos até aqui.


PRÓXIMA ETAPA.
Agora a categoria vai a sua grande final, voltando aos Emirados Árabes Unidos, agora em Abu Dhabi para a grande final.

VT DA ETAPA.



VORC SERIES